Publicidade
Manaus
gratuito

Evento em Manaus discute a segurança elétrica com eletricistas profissionais

Ao todo, devem acontecer mais de 14 palestras nos dois dias de evento, que continua nesta quinta-feira (9) 08/06/2016 às 19:23
Show  ndicedd
Especialistas ressaltaram a necessidade dos serviços elétricos serem feitos por profissionais. Foto: Divulgação
Kelly Melo Manaus (AM)

A Associação de Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidades (Abracopel) está realizando, de quarta-feira (8) até quinta-feira (9), o “Encontro de Profissionais Eletricistas”, no Instituto de Pós-Graduação (Ipog), no Manaus Plaza, na Zona Centro Sul. O evento é gratuito. 

Segundo o diretor executivo da Abracopel, Edson Martinho, esse tipo de evento é realizado em todo o País nas principais capitais, mas desde 2013 Manaus não sediava o evento. A proposta, de acordo com ele, é promover uma série de debates sobre o setor de energia e eletricidade na capital.

Ao todo, devem acontecer mais de 14 palestras nos dois dias de evento. A maioria dos palestrantes são de fora do Estado. “Os eventos têm o objetivo de ajudar aos profissionais do setor elétrico e energético local a se atualizarem, para que cada vez mais estejam preparados e diferenciados para enfrentar um mercado tão competitivo”, enfatizou Martinho. 

Ainda de acordo com ele, a expectativa é receber mais de 140 profissionais das áreas de energia, eletricidade e segurança do trabalho.  A abertura foi às 16h desta quarta-feira, quando os palestrantes abordaram temas do cotidiano do profissional, como manuseio de equipamentos e as novidades na legislação que regulamenta as normas e técnicas do setor. “O encontro tem a proposta de trazer informação, proporcionar troca de experiências e muito mais”, destacou o diretor da Abracopel. 

Nesta quinta-feira, as palestras iniciam a partir das 8h30, com o “Seminário Elétrica Segura” que vai abordar temas voltados aos profissionais de segurança do trabalho e profissionais do setor elétrico e energético.

Edson Martinho destacou também a necessidade de haver esse tipo de capacitação para os profissionais para orientá-los sobre os riscos do setor e conscientizá-los para que haja redução nos casos de acidente de trabalho. “Apesar de ser um mercado que demanda profissionais capacitados, há muitos ‘aventureiros’ que se propõem a  realizar instalações elétricas sem o conhecimento e  acabam sendo vítimas ou colocando a população em risco, podendo causar acidente”.

Publicidade
Publicidade