Terça-feira, 23 de Julho de 2019
POLÍCIA

Ex-namorado foi quem entregou arma disparada em sala de aula para jovem

Rapaz pediu para que a garota guardasse a arma. Mais cedo, direção da escola no Viver Melhor informou que a jovem teria encontrado a arma no caminho para o colégio



WhatsApp_Image_2019-06-06_at_15.02.59_CF889DBC-5FED-41D3-9A31-378B040B6A79.jpeg Foto: Sandro Pereira
06/06/2019 às 17:22

Policiais civis do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prenderam, na manhã desta quinta-feira (6), Deryk Woreky Barroso Porto, 21, dentro da residência onde ele mora no Conjunto Viver melhor 2, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. Ele é suspeito de ter entregado uma pistola para a ex-namorada dele, de 15 anos, que levou a arma para uma escola do bairro e efetuou um disparo que atingiu o pé de outra estudante, de 14 anos, pela manhã.

Segundo informações do major Bruno, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta de 9h20 da manhã, por meio de um grupo de WhatsApp usado por gestores das escolas da área e policiais, a polícia recebeu uma denúncia de que na Escola Estadual Eliana Socorro Pacheco Braga havia um tiroteio.

Ao chegar no colégio, os policiais viram que se tratava de um disparo de arma de fogo de uma menor de idade de 15 anos que teria acertado outra jovem de 14 anos no pé. A adolescente disse à polícia que teria escondido a arma em um banheiro da escola. A polícia fez as buscas mas não encontrou a arma.

A arma foi localizada na cintura do professor Márcio da Cruz Costa, de 38 anos. Ele disse para os policiais que a guardou para entregar ao diretor da escola. A adolescente então foi apreendida para prestar esclarecimentos e o professor foi preso por porte irregular de arma de fogo, por ter escondido a arma.

Segundo o Delegado Bruno Fraga, titular do 26º DIP, após os procedimentos, a menor de idade revelou que teria recebido a arma de Deryk, que é seu ex-namorado. Ele pediu para ela guardar, segundo a jovem. Por medo de a mãe ver, a menina colocou a pistola na mochila e levou à escola. Mais cedo, direção da escola no Viver Melhor informou que a jovem teria encontrado a arma no caminho para o colégio.

Ela foi mostrar a arma para os amigos e acabou disparando acidentalmente. A menina de 14, com um tiro no pé, foi encaminhada para o Hospital Delphina Aziz, bairro Terra Nova, Zona Norte.

Ainda pela manhã a Policia Civil foi até a casa do suspeito de ter entregado a arma a menor e o prendeu. Ele tem duas passagens pela polícia por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Agora vai responder por posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. O professor Márcio vai responder em liberdade pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Quadro estável

A adolescente de 13 anos que foi baleada no pé dentro de sala de aula na manhã desta quinta-feira (6) tem o quadro de saúde estável, informou a Secretaria de Estado de Educação (Seduc). 

Receba Novidades

* campo obrigatório
News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.