Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
LUTO

Ex-pároco da Catedral de Manaus, Padre Sousa morre aos 76 anos

Foram 48 anos dedicados à Igreja Católica no Amazonas



Pe.-Sousa-1-e1546227712394__1__35B0C20E-0676-4342-A893-B4FE69DE3925.jpg Foto: Divulgação
31/12/2018 às 11:08

Um dos mais antigos sacerdotes da Arquidiocese de Manaus, o padre Luiz Gonzaga de Sousa, morreu na noite deste domingo (30/12), aos 76 anos. Conhecido apenas como "Padre Sousa", dedicou 48 anos da sua vida à Igreja Católica atuando em diferentes paróquias da capital amazonense.

A primeira paróquia que trabalhou foi na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição em 1970. De lá para cá passou por igrejas importantes como a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, tendo sido um dos fundadores. 

Recentemente, ele atuou ainda como vigário paroquial na igreja de São Raimundo e exerceu o cargo de Diretor Arquidiocesano do Apostolado da Oração.  

Em dezembro de 2016, Pe. Sousa foi homenageado na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), com a Medalha do Mérito Legislativo, uma honraria especial destinada a pessoas que dedicam a sua vida por uma sociedade mais justa e sincera.  

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.