Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Manaus

Ex-presidiária é assassinada no Nova Cidade na madrugada de quarta-feira (28)

Segundo testemunhas, os tiros foram disparados por ocupantes de um veículo modelo Palio enquanto a vítima fazia mudança 



1.jpg Elda da Silva Tavares, 30 anos
28/01/2015 às 10:54

A ex-presidiária Elda da Silva Tavares, 30, foi assassinada por um suposto acerto de contas do tráfico de drogas, na madrugada desta quarta-feira (28), na rua 140, bairro Nova Cidade, Zona Norte.

Segundo testemunhas, a vítima estava fazendo a mudança com ajuda de uma amiga para uma casa nova na rua, quando um veículo, modelo Palio, de cor e placas não identificadas, parou próximo a elas e um dos suspeitos disparou contra Elda.



Consta no relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) que uma testemunha, que ajudava na mudança da vítima, informou que os ocupantes do Palio estavam com distintivos da Polícia Civil.

Eles teriam mandando as duas encostarem na parede e, em seguida, um dos suspeitos efetuou os disparos na vítima.

Moradores disseram aos policiais da 15° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que Elza era esposa de um traficante conhecido apenas como "Geladeira", morto há dois anos.

Conforme a PM, ela teria ficado à frente de uma boca de fumo do companheiro e acabou sendo executada por ponto de venda de entorpecentes. O caso está sendo investigado pela DEHS.

'Loura do Face'

Depois de ser executada, testemunhas relataram que a ex-presidiária conhecida apenas como "Loura do Face" foi até o local e lamentou a morte da amiga.

A "Loura do Face" ficou conhecida por tirar fotos ostentando com bebidas e festas dentro da cela em presídio na capital amazonense.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.