Publicidade
Manaus
Manaus

Ex-presidiário é morto no bairro Alvorada em suposto acerto de contas entre traficantes de droga

Crimes ocorreu na frente das irmãs da vítima, em um rip rap no Alvorada 1. Ele foi atingido na cabeça e no braço por tiros, e morreu na UTI de hospital 26/11/2015 às 12:04
Show 1
Dois homens em uma motocicleta passaram no rip rap e atiraram cinco vezes na direção da vítima
Fábio Oliveira Manaus

O ex-presidiário Felipe Vargas dos Santos, 19, foi baleado com dois tiros na tarde de quarta-feira (25) em um rip rap localizado ao lado da quadra da escola de samba Unidos do Alvorada, na rua independência, bairro Alvorada 1, Zona Centro-Oeste, e morreu no Hospital e Pronto Socorro João Lucio, na noite do mesmo dia.

A suspeita é de acerto de contas por envolvimento com o tráfico de drogas, segundo relatório da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Segundo o registro, a mãe de Felipe, identificada apenas como Glauciane, relatou aos policiais civis que seu filho foi alvejado na frente de suas duas irmãs.

Ainda segundo informações da DEHS, dois homens em uma motocicleta passaram no rip rap e atiraram cinco vezes na direção da vítima. Conforme o Instituto de Criminalística, dois disparos atingiram Felipe, sendo um na cabeça e outro no braço esquerdo. Um carro modelo Gol Branco deu apoio durante a execução.

Felipe ainda foi encaminhado para o Hospital e Pronto Socorro João Lucio, na Zona Leste, mas morreu sete horas depois na sala da UTI. Consta no relatório da DEHS que a vítima era usuária de drogas e que também vendia entorpecente. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade