Publicidade
Manaus
JULGAMENTO

Ex-procurador Vicente Cruz vai a júri popular nesta sexta (6) em Manaus

Ele é acusado de tentar matar no ano de 2006 o então procurador de Justiça do Amazonas e hoje ministro do STJ, Mauro Campbell 05/10/2017 às 17:24
Show show 1002456
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus realiza nesta sexta-feira (6), a partir das 8h, no plenário do Fórum Ministro Henoch Reis, a sessão de julgamento do ex-procurador de Justiça Vicente Augusto Cruz de Oliveira, acusado de tentar matar no ano de 2006 o então procurador de Justiça do Amazonas e hoje ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Luiz Campbell Marques.

Nesta quinta (5), o juiz Anésio Rocha Pinheiro, titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, negou o pedido de adiamento feito pela defesa de Vicente Cruz, seguindo entendimento do Ministério Público.

Cruz foi pronunciado em maio de 2013, por tentativa de homicídio qualificado mediante pagamento ou promessa de recompensa, crime de formação de quadrilha e bando armado, conforme o processo nº 0215832-55.2010.8.04.0001. O alvo da tentativa de homicídio, conforme a denúncia, foi o então procurador de Justiça do Amazonas e hoje ministro do STJ, Mauro Campbell.

Segundo a sentença de pronúncia, houve comprovação dos indícios de homicídio tentado, mediante valor pago e promessa de recompensa: o acusado teria adiantado parte do dinheiro aos pistoleiros, com a promessa de que entregaria o restante após a execução da vítima.

A sessão foi agendada após o Superior Tribunal de Justiça não conhecer do Recurso Especial interposto pela defesa do acusado e o trânsito em julgado da decisão.

Outros réus

Quatro réus do caso já foram julgados em junho de 2016. Maria José Dantas da Silva, Jane da Silva Santos, Lenilson Braga da Silveira e Osvaldo Silva Bentes foram condenados em 1º grau a penas que variam de 12 a 16 anos de prisão. Quanto ao réu Elson dos Santos Moraes, também pronunciado, teve o processo desmembrado e encontra-se em fase de recurso.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade