Publicidade
Manaus
MAUS CAMINHOS

Ex-secretário Pedro Elias deixa a prisão após pagar fiança de R$ 95,4 mil

Apenas o ex-secretário de Administração Evandro Melo continua preso entre os políticos detidos pela Polícia Federal na operação Maus Caminhos 27/04/2018 às 18:04 - Atualizado em 27/04/2018 às 18:09
Show whatsapp image 2018 04 27 at 18.00.18
Foto: Arquivo/AC
Rafael Seixas e Vitor Gavirati Manaus (AM)

O ex-secretário de Saúde do Amazonas, Pedro Elias deixou o Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM 2) às 17h48 desta sexta-feira (27), após pagamento de fiança no valor de R$ 95, 4 mil, conforme decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

No final da tarde desta sexta-feira, também deixaram a prisão o ex-governador do Amazonas José Melo e sua esposa, a ex-primeira-dama Edilene Oliveira. O trio estava preso em unidades prisionais localizadas no km 8 da BR-174 (Manaus - Boa Vista).

Com a soltura do trio, entre os políticos presos pela Polícia Federal no âmbito da operação “Maus Caminhos”, que desarticulou um esquema de desvio de R$ 110 milhões da Saúde do Amazonas, continua preso apenas Evandro Melo, irmão do ex-governador, que foi secretário estadual de Administração.

Pedro Elias, que deverá utilizar tornozeleira eletrônica para monitoramento, foi preso no dia 14 de dezembro durante a operação “Custo Político” da Polícia Federal, um desdobramento da operação “Maus Caminhos”, deflagrada em setembro de 2016. Ele chegou a cumprir regime domiciliar, mas foi preso novamente no dia 31 de dezembro, por ordem da juíza federal Ana Paula Serizawa.

Publicidade
Publicidade