Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
MERCADO

Expertise e profissionalismo: Manaus na rota dos vinhos

Empresários da Vineria Adega profissionalizam gestão, investem em cursos de nível internacional e oferecem serviço de wine bar e consultoria



VINERIA1_765BB2B1-73DA-45C7-8763-B823BA80DDEF.jpg (Foto: Junio Matos)
27/05/2019 às 16:52

A paixão por vinhos aliada ao talento empreendedor levou o casal  Raquel Castelo e Fábio Passos a construir em Manaus um império de garrafas de vinho de todas as partes do mundo. Inaugurada há um ano, a Vineria Adega dispõe de mais de 900 rótulos, oferecendo serviços de wine bar e consultoria. Os rótulos custam a partir de R$ 20 e os mais premiados podem chegar a R$ 5 mil.

Além da ampla experiência acerca do universo da bebida, os empreendedores manauaras se profissionalizaram na Itália, considerada o  berço do vinho, sob a orientação do sommelier Roberto Rabachino, diretor dos cursos da Federação Italiana de Sommeliers, inserindo Manaus na rota internacional do vinho.



Segundo o empresário Fábio Passos, o objetivo é oferecer em Manaus um serviço diferenciado, que além da comercialização da bebida, se direciona a “descomplicar o universo do vinho”.

“As pessoas não querem só tomar o vinho, querem uma explicação, uma parte técnica propriamente dita de cada vinho. Diante dessa necessidade, fomos até a Itália, na Europa, para poder oferecer tudo isso que o cliente procura. O objetivo é, literalmente, descomplicar o mundo do vinho. Além disso, somos pioneiros no segmento de wine bar, antes a cidade contava apenas com lugares que vendiam vinhos. Agora, nós oferecemos um ambiente onde a pessoa pode degustar o vinho, com a assessoria e consultoria de um profissional”, explica.

O começo

A Vineria Adega surgiu, a princípio, como um empório que além do vinho, vendia queijos, carnes e massas importadas. No entanto, a bebida foi o produto que mais se destacou, incentivando a construção de um serviço especializado na bebida. Além disso, a capacidade de lotação passou de 20 para 60 pessoas, conta ainda com estacionamento.

Ambiente intimista

 O local incentiva a cultura e preserva a história dessa bebida secular. Para a proprietária da Vineria, Raquel Castelo, o ambiente proporciona, ainda que os clientes se sintam mais próximas do vinho.

“Em Manaus, ao contrário que muitos pensam, as pessoas consomem vinho. O vinho se destacou entre os produtos, tornando-se o nosso principal negócio. Mas, não se trata de apenas consumir o vinho. Temos a proposta de familiarizar o cliente que consegue, desta maneira, agregar valor ao vinho. A pessoa quer comprar o vinho e entender a história. Aqui ela poder consumir o vinho de mesmo valor da gôndola, e, além disso, receber, sem custo adicional uma consultoria, uma breve descrição do rótulo do que você está consumindo”, conta.

Novo serviço

Uma novidade é que a partir de do mês de junho, a Vineria contará com um clube de assinaturas, com flexibilidade na data de pagamento, diversas opções e pacotes, que variam de R$ 199 e vai até R$ 1 mil

Variedade

 No intuito de ir além da venda dos vinhos, mas proporcionando o diferencial de contar a história do produto e inserir os clientes nesse universo, a empresa investe em capacitação. Ao todo, 12 funcionários integram a equipe, entre eles, sommelieres e consultores com amplo conhecimento no mundo dos vinhos.

Mercado nacional promissor

O Brasil é o 14º maior produtor de vinho do mundo, de acordo com a Organização Internacional da Vinha e do Vinho, com 340 milhões de litros produzidos em 2017. Em relação ao consumo, o País ocupa a 17ª posição, com 330 milhões de litros consumidos pela população anualmente, o que equivale a uma média de 1,7 litro por pessoa, ou seja, menos de duas garrafas.

Com rótulos que vêm de lugares como Nova Zelândia, Turquia, Austrália, Israel, Argentina, África do Sul e também de algumas regiões do Brasil, os donos da Vineria Adega acreditam que o mercado de vinho tem um grande potencial a ser explorado, inclusive no Amazonas.

Quanto aos desafios, o casal de empreendedores revela que são diversos, mas que isso não os desmotiva. Do contrário, impulsiona ainda mais o desejo de fazer a diferença, explorando esse mercado.

“O maior obstáculo, em Manaus, para quem tem um negócio nessa área não é o clima, mas a carga tributária, principalmente, a estadual. Hoje temos 70% de Margem de Valor Agregado – MVA. Esse valor em Manaus é quase 120% maior que em São Paulo, por exemplo. O valor de uma garrafa é muito mais caro aqui. Queremos tornar o vinho uma bebida acessível, prazerosa, não só para aqueles que conhecessem, mas para quem está iniciando”, explica Fábio Passos.

Clube de assinaturas de vinhos

A partir de do mês de junho, a Vineria contará com um clube de assinaturas, com flexibilidade na data de pagamento, diversas opções e pacotes, que variam de R$ 199 e vai até R$ 1 mil. O cliente pode desfrutar da comodidade de receber os rótulos selecionados pela equipe em casa.

Serviço

O quê?  Vineria Adega dispõe de mais de 900 rótulos, oferece serviços de wine bar e consultoria.

Onde? Rua Maceió, Conjunto Manauense, n º15, QD O - Nossa Sra. das Gracas, AM, 69053-700

Horário:  O local funciona das 9h às 22h de segunda a sábado. E aos domingos, de 9h às 13h.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.