Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
ATENDIMENTO

Explosão em Iranduba levou 48 pessoas a Hospital do município

Todos os pacientes receberam atendimento sendo medicados na própria unidade. Inicialmente, 28 pessoas ficaram em observação e 26 delas já foram liberadas.



IRAIRA_CAA5CBF7-DE1B-450F-A938-014A5B95AC52.JPG
07/09/2020 às 15:45

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) foi acionado para uma ocorrência de vazamento de amônia em um frigorifico localizado no Porto do município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). De acordo com o Centro de Operações Bombeiro Militar (COBOM), o primeiro acionamento ocorreu às 9h07.

A equipe de bombeiros militares do 1° Pelotão Destacado do CBMAM realizou atendimento pré-hospitalar, além de busca e resgate dentro do ambiente com o vazamento para verificar se haveria alguma vítima em estado grave retida no local. Incialmente havia 16 pessoas atingidas pelo material (amônia), cinco delas foram transportadas pela Unidade de Resgate (UR – 17) até o hospital do município. 



Ainda segundo o Comandante de Socorro, Tenente BM Ronildo, a guarnição bombeiro militar relatou ter avistado cerca de 60 pessoas evadindo-se do local. 

Após constatarem que não havia mais vítimas no local, os bombeiros militares realizaram vistoria e mantiveram o local em segurança.

Vítimas - A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) informa que na manhã desta segunda-feira (7/9), 48 pessoas deram entrada no Hospital Regional Hilda Freire com sintomas de intoxicação, apresentando náuseas, falta de ar, tontura, dor no peito e dor de cabeça, 

Todos os pacientes receberam atendimento sendo medicados na própria unidade. Inicialmente, 28 pessoas ficaram em observação e 26 delas já foram liberadas. Outras duas continuam em observação no hospital Hilda Freire.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.