Publicidade
Manaus
Marketing digital

Facebook traz ação para ensinar a impulsionar negócios em Manaus

Ideia dos organizadores foi trazer para a cidade um evento ‘mão na massa’, ou seja, prático e que pudesse esclarecer as pessoas sobre a importância da divulgação da marca na rede social 04/06/2016 às 19:06 - Atualizado em 04/06/2016 às 19:07
Show cvbvcbcvbcvbcvbcvb
Com ação batizada de ‘Impulsione seus negócios’, a empresa já rodou até agora 7,5 mil quilômetros pelo País percorrendo as cidades que serão sede dos jogos olímpicos. (Euzivaldo Queiroz)
Juliana Geraldo Manaus (AM)

No movimentado mundo dos negócios é possível que, mesmo você pensando em todas as  etapas do produto ou serviço prestado e focando cem por cento   da sua energia no propósito, a sua ideia tenha dificuldades em ‘decolar’. Muitas vezes isso acontece por um “detalhe”: uma boa divulgação da marca.

Em tempos em que tudo é digital e as redes sociais estão à disposição, comunicar sua ideia e vender sua marca é muito mais uma questão de estratégia do que de preço. Aliás, o marketing digital pode sair quase de graça.

Mesmo assim, muitas pessoas ainda não sabem usar as ferramentas disponíveis a seu favor. Para dar uma mãozinha, o Facebook trouxe para Manaus nesta semana, o seu laboratório móvel de capacitação em marketing digital, também conhecido como ‘caminhão do Facebook’.

Sobre rodas

Com ação batizada de ‘Impulsione seus negócios’, a empresa já rodou até agora 7,5 mil quilômetros pelo País percorrendo as cidades que serão sede dos jogos olímpicos. Manaus é a terceira capital a receber o truck que já passou por São Paulo e Salvador e agora segue para Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

“Nós já participávamos de feiras e eventos de empreendedorismo pelo País, mas com o tempo, vimos a necessidade de criar um evento próprio para ajudar micro e pequenos empresários em suas estratégias de marketing. Com a proximidade das Olimpíadas, veio a ideia do caminhão para levar oficinas a essas pessoas e possibilitar que elas aproveitem a grande oportunidade de negócios que o evento esportivo trará às cidades-sede”, explica a diretora de empreendedorismo do Facebook na América Latina, Camila Fusco.

Para Manaus, especificamente foram trazidas três oficinas que aconteceram no caminhão (conteúdo criativo: aumente suas vendas; anúncios eficazes: anuncie para as pessoas certas; segmentação avançada: anuncie para as pessoas certas); e mais três palestras e uma mesa-redonda que ocorreram no palco do teatro do Manauara Shopping.

“A ideia foi trazer para a cidade um evento ‘mão na massa’, ou seja, bem prático e que pudesse efetivamente, esclarecer as pessoas sobre a importância da divulgação da marca na rede social”, defende Camila.

Marketing digital

De acordo com Camila, o Facebook possui hoje três milhões de páginas de negócios (produtos e serviços) em todo o País, e 2,7 mil páginas são criadas todos os dias. Porém, segundo ela, muitos desses pequenos empresários não sabem a melhor forma de tirar proveito das ferramentas oferecidas para alavancar seus negócios.

“Não se trata mais de ter um grande número de fãs ou curtidas. É preciso aprender como manter a relação com o cliente  aquecida. Como fazer uma ponte forte entre o produto ou serviço e o público alvo. Essa ponte pode ser o marketing via Facebook”, ressalta.

Entre os objetivos possíveis de se alcançar com o uso das ferramentas, estão o impulso das publicações, a promoção da página, o aumento de conversões para o site, o alcance de pessoas próximas à empresa e o aumento da participação em eventos.

“As ferramentas foram estruturadas para servir a um marketing inteligente que, além de atrair clientes, podem ser direcionadas para cada  fase do negócio, desde o início até a divulgação internacional, por exemplo”.

Saiba +

Para criar um anúncio no Facebook, primeiro é preciso fazer um bom planejamento, com definições de objetivos, público e custos; em seguida, acesse o site www.facebook.com/business e clique em ‘criar anúncio’; escolha o público com base no planejamento; defina seu orçamento e duração da campanha; para ilustrar o anúncio, é preciso escolher uma foto do computador ou do banco de imagens gratuito; escreva o texto anúncio e clique em ‘enviar pedido’.

Mídia ‘no balde’ traz resultados

A empresária Louisie Lauschner, o sócio Victor Sato e a chef de cozinha Indianara Lauschner , há quase dois anos, lançaram o conceito de vender feijoada no balde para os lares de manauaras que não querem saber das panelas aos fins de semana.

Hoje com um crescimento médio mensal de 5% nas vendas, eles comemoram o sucesso e destacam o papel de um grande aliado na jornada - o Facebook. Louise, que já trabalhava com marketing digital em Curitiba, antes de abrir o negócio em Manaus, reconheceu a importância das redes sociais para a evolução de qualquer negócio e junto com Victor deram atenção ao tema.

“Antes mesmo de fazer as primeiras entregas, nós já tínhamos página no Facebook. Ajudou muito porque quando iniciamos o serviço já tínhamos 100 compartilhamentos na rede. Então, ficamos aliviados porque sabíamos que a ideia tinha sido aceita”, lembra.

Para quem está começando, garante Louisie, é uma ótima opção porque não é preciso gastar praticamente nada. “Basta estudar as ferramentas, o público alvo e ter criatividade. Para nós foi sensacional no início e continua sendo porque fazemos as postagens nos comunicando direto com nossos clientes e quando necessários fazemos anúncios direcionados que custam no máximo R$ 15 e já dá pra ver um resultado positivo”, indica a empresária.

Uma rede orgânica para os negócios

Em 2014, Diogo Vasconcelos e a esposa, Graziela Vasconcelos, que atuavam na área de turismo passaram a questionar seu modo de vida e o pouco tempo que tinham para dedicar os filhos. Neste ano, eles tomaram a decisão: iriam morar em um flutuante e fazer disso, ao mesmo tempo, um negócio e um estilo de vida. Assim nasceu o Abaré Sup & Food, com a ajuda do sócio Bernard Teixeira. Juntos, os três tocam o negócio que oferece ao público pratos regionais com toque gourmet e o lazer oferecido pelo próprio Rio Negro e pela prática do stand up paddle.

O sucesso do empreendimento - que se prepara para crescer em breve com a inauguração de um hostel flutuante - foi facilitado, segundo Diogo, pela comunicação com os clientes via Facebook, mesmo antes da inauguração. “Nós estávamos tão concentrados em fazer o negócio dar certo que nem lembramos de separar um recursos para investir em marketing. Depois que vimos a necessidade da divulgação, tentamos meios convencionais como o jornal, mas a mídia era muito pulverizada, precisávamos de algo que fosse mais direcionado ao nosso público. Foi aí que o Facebook entrou”, conta.

Diogo lembra que, em torno de 30 dias antes de o estabelecimento receber os primeiros clientes, eles lançaram a página que vem sendo alimentada semanalmente com notícias do interesse dos clientes e divulgação de eventos. “É uma rede orgânica de relacionamentos. Cada post nosso, rende em média 400 curtidas. Também é positivo, pois nos permite administrar o movimento. Por exemplo, se vamos promover uma festa e já vendemos muito ingresso para o público feminino, podemos filtrar o público alvo para atrair mais o público masculino, para que tenhamos  um equilíbrio no evento. É uma ferramenta extremamente útil”, avalia.

Publicidade
Publicidade