Publicidade
Manaus
TRÂNSITO

‘Faixa Azul’: condutores têm dez dias para se readaptar as regras em Manaus

Motoristas devem redobrar a atenção e não usar as faixas exclusivas do transporte coletivo em Manaus 14/11/2018 às 20:41 - Atualizado em 15/11/2018 às 10:02
Show faixa f5cf562d ccb6 4b5e a752 a95966ad487e
A partir do dia 24, os condutores que foram flagrados na faixa exclusiva serão autuados e multados pela infração gravíssima, além de perder sete pontos na CNH. Foto: Euzivaldo Queiroz
Karol Rocha Manaus (AM)

Desde ontem (14), os condutores de veículos comuns são orientados sobre o retorno do faixa exclusiva para o transporte coletivo existentes nas avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Mário Ypiranga Monteiro. Serão dez dias de orientações realizadas pelos agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) de forma educativa e sem multas.

Após o período de adaptação, a efetiva fiscalização terá início a partir do dia 24 de novembro, quando os condutores que utilizarem indevidamente a faixa serão multados. “O trabalho de orientação acontece até o dia 23. Depois desse dia, o uso da faixa segue exclusivo ao transporte coletivo. Quem insistir em utilizar a faixa, será autuado e a infração é gravíssima. Perde sete pontos na carteira e multa a ser paga é no valor de R$ 293,47”, explica o diretor de operações e Fiscalização do Manaustrans, Stanley Ventilari.

As fiscalizações acontecem nas plataformas e principais cruzamentos das vias onde há a Faixa Azul. “Nos horários de pico, os agentes estarão nas plataformas fazendo as intervenções. Eles estarão nos horários, por exemplo, pela manhã de 6h30 às 8h30. Pela tarde, das 13h às 14h30 e das 17 horas às 19h. Eles sinalizam para que os condutores de veículos dêem prioridade aos coletivos”, destaca o diretor de operações.

Funcionamento

 A Faixa Azul  funcionará de segunda a sexta-feira de 4h às 22h. Aos sábados de 4h às 12h, e nos  domingos e feriados, a faixa fica liberada para todos os veículos. “Aproximadamente 400 mil pessoas utilizam desse sistema diariamente. Cinquenta e seis linhas de ônibus passam pelas faixas exclusivas e, a partir do dia 24, 18 novas linhas também utilizarão. Com isso, proporcionamos melhoria no trânsito, qualidade de vida para o usuário do sistema, dar velocidade e diminuir os pontos de congestionamento na cidade”, ressalta o superintendente da SMTU, Franclides Ribeiro.

Condutores

A faixa exclusiva das três avenidas estavam liberada para todos os veículos desde março deste ano, em razão das obras executadas na avenida Djalma Batista. O retorno da exclusividade não agradou alguns motoristas, que pdem reforço na orientação. “Eu uso a faixa, mas não estou sabendo que a exclusividade vai retornar. Agora, o jeito é ficar atento”, disse Nailton Campos, 46. “Como eu trabalho aqui pela região (av. Constantino Nery), uma faixa liberada facilita para a gente. Mas com o Faixa Azul, o  percurso que poderia levar 20 minutos, vou fazer em 40. Precisa reforçar o informação e orientaçãol”, critica  Alacide Lima, 30.

Quem pode usar?

Nos horários de funcionamento, a Faixa Azul é utilizada exclusivamente para o transporte coletivo, porém podem utilizar táxis,  veículo de fretamento, veículo de transporte de tropa e equipamento bélicos das Forças Armadas, veículos guincho em efetivo serviço de remoção, além de veículos de urgência, emergência e operacionais, devidamente identificados.

Publicidade
Publicidade