Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
331b1a84-11b1-4e37-bd80-70c05acc722a_CD6E3361-5AD4-4720-A511-6FA591808855.jpg
publicidade
publicidade

ESTELIONATO

Falso funcionário da Seduc preso enganava vítimas com vagas de emprego fictícias

Segundo a polícia, ele cobrava R$ 300 para cargos de nível médio e R$ 1,5 mil para cargos de nível superior em diversos órgãos públicos do Amazonas


29/01/2019 às 11:48

Um homem identificado como José Richardson Cassiano Franco, de 44 anos, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas acusado de se passar por funcionário da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e enganar vítimas em Manaus oferecendo falsas vagas de emprego em diversos órgãos públicos.

Segundo a polícia, ele cobrava R$ 300 para oportunidades de emprego em cargos de nível médio e R$ 1,5 mil para vagas em cargos de nível superior. De acordo com a delegada Indra Leal, titular do 15° Distrito Integrado de Polícia (DIP), o homem possuía cerca de seis Boletins de Ocorrência (BOs) contra ele pelos crimes cometidos.

publicidade

À reportagem do Portal A Crítica, José Richardson disse que é pedagogo com duas pós-graduações e que reconhecia que o que fez é crime. Segundo ele, quando começou a cometer o crime estava desempregado e precisava de dinheiro para pagar a faculdade.

“Eu não estou justificando o que eu fiz, quando comecei estava desempregado e sem dinheiro para pagar faculdade e o meu sonho era ser professor“, disse. Agora, José Richardson foi indiciado por estelionato e deve ser encaminhado para o sistema prisional do Amazonas.

*Colaborou a repórter Joana Queiroz

publicidade
publicidade
Policial Militar leva suspeito à delegacia e acaba preso em flagrante
Sine Manaus seleciona para 30 vagas de emprego nesta quinta-feira (25)
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.