Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
AJUDA

Família arrecada dinheiro para custear cirurgia de criança com colesteatoma

Aguardando a liberação do Tratamento Fora do Domicílio (TFD), o pai da menina de 9 anos decidiu levá-la para uma unidade médica de Curitiba para realizar a cirurgia no ouvido. Saiba como ajudar:



crian_a_dois_003B675B-BCDA-4A69-9107-D72ECDCA296A.JPG A família aguarda arrecadar R$ 17 mil para custear a cirurgia da garota (Foto: Arquivo Pessoal)
08/02/2019 às 16:18

A família de Kauanny Darphym Arruda de Oliveira, de 9 anos, está arrecadando dinheiro para o tratamento da criança, diagnosticada com colesteatoma. A pequena precisa passar por uma cirurgia, mas o sistema de saúde público do Amazonas não oferece o procedimento. Ainda esperando a liberação da cirurgia no Hospital São Paulo, o pai da criança resolveu levá-la por conta própria para uma unidade médica de Curitiba e conta com ajuda da população para alcançar a meta de R$ 17 mil.

O pai da criança, Edivaldo Andrade de Oliveira, contou que Kauanny sentia dores no ouvido há muitos anos, mas apenas no fim do ano passado, os médicos diagnosticaram a criança com colesteatoma. Depois, os especialistas pediram para o pai solicitar o procedimento cirúrgico de forma urgente no Tratamento Fora do Domicílio (TFD), mas até o momento a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) não teria liberado a atividade.

"Ela foi diagnosticada no final do ano passado, mas já vínhamos na luta há três anos e nunca investigaram o que de fato ela tinha no ouvido. Fazíamos acompanhamento no Caic, mas as dores voltavam dias depois. No final do ano, ela foi internada no Hospital Joãozinho e logo depois transferida para o Ican, onde passou por tomografias e foi constatada a doença", explicou Edivaldo.

 

Aguardando a liberação do Tratamento Fora de Domicílio (TFD), o pai da criança seguiu conselhos de amigos e lançou a campanha para arrecadação de dinheiro. "Liguei para o hospital de Curitiba, denominado como Pequeno Príncipe, e eles falaram que fazem a cirurgia. Por conta da demora e como o caso da minha filha é urgente, resolvi ir por conta própria. Se fosse para São Paulo gastaria mais, então quero ir para o Paraná o mais breve", explicou o pai da criança.

Por meio de nota, a Susam informou que o pai da paciente Kauanny Darchyn Arruda de Oliveira deu entrada ao processo de TFD no dia 31 de janeiro deste ano. Segundo a secretaria, o setor de agendamento do Complexo Regulador já encaminhou as solicitações para São Paulo e aguarda retorno da unidade paulista.

Eventos

Para arrecadar mais dinheiro, a família da garota vai realizar uma feijoada beneficente no dia 17 de março, na rua dos Lírios, localizada no bairro Jorge Teixeira, primeira etapa. O evento terá participação da Banda Timidez. O valor é de R$ 10 e o número para contato é de (92) 98448-6208.  

Doações podem ser realizadas por meio de depósitos na contas do Banco Itaú, Ag. 6296, Conta 22090-5, além do Banco Caixa Econômica, Ag. 2853, Op. 013, Conta 00096430-7, no nome de Edivaldo Andrade de Oliveira, de número de CPF 851.782.762-72.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.