Publicidade
Manaus
DIFICULDADE

Família de idosa com câncer na cabeça pede ajuda para que ela continue tratamento

O filho da idosa, o mototaxista Alcimar Barbosa, é quem cuida da mãe. Além dela, o pai também sofre com câncer na próstata. Sem poder trabalhar por ter que cuidar dos pais, o filho pede por ajuda financeira para ajudá-los 16/02/2017 às 12:50 - Atualizado em 16/02/2017 às 15:04
Show idosa
(Foto: Reprodução/Internet)
Mayrlla Motta* Manaus (AM)

Um vídeo de uma idosa de 79 anos em situação de saúde crítica tem repercutido nas redes sociais nos últimos dois dias.  O filho de Lucineia Ferreira Barbosa, o mototaxista Alcimar Barbosa, conta que a mãe sofre com câncer na cabeça há cerca de um ano. Além da mãe, o pai dele Raimundo Rodrigues Barbosa, de 81 anos, também luta contra um câncer na próstata.

“Esse problema na cabeça da minha mãe começou como uma espinha, parecido uma verruga. Procuramos o Alfredo da Mata, mas precisaríamos de um encaminhamento, que até aquele momento não tínhamos. Depois a levamos ao Platão Araújo e lá fizeram um procedimento. Conseguimos o encaminhamento para o Alfredo da Mata, e lá fizeram uma biópsia que diagnosticou que era câncer e fomos encaminhados para o FCecon (Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas)”, conta.

Alcimar conta que essa situação já dura um ano. “Todos os dias deve ser feito um curativo no FCecon, mas nós não temos condições, nem físicas e financeiras de levá-la até lá. Como estou sem trabalhar, não tenho dinheiro nem para pôr gasolina na minha moto para tentar fazer alguma corrida. Fazemos o que podemos e às vezes a levamos no SPA para fazer o curativo, mas não é o ideal”, explica.

De acordo com Alcimar, a mãe passa mal quando anda de carro. “Ela vomita muito quando fazemos esse trajeto. Seria bom se uma equipe específica pudesse prestar esse atendimento aqui em casa. O caso da mamãe, segundo os médicos, não é de internação”, reivindica.   

Além de enfrentar esse problema com a saúde dos pais, o filho ainda convive com as dívidas de atraso de aluguel e contas de luz. “Estou com o aluguel da casa onde moramos há dois meses atrasados”, disse ele, acrescentando que doações de roupas, fraldas geriátricas, remédios, travesseiros, materiais para curativo (especialmente pomada de Sulfadiazina de Prata).e quantias em valor são bem vindas.

Pessoas que se sensibilizaram com a situação enfrentada pela família e querem ajudar, podem ligar diretamente para Alcimar, através do telefone: (092) 99128-6138, ou ir à casa dos idosos, localizada na Rua Cristo Rei, nº 36, bairro Coroado 3, próximo ao terminal de ônibus da linha 515, Zona Leste de Manaus.

Quem quiser transferir quantias de quaisquer valores podem depositar na conta do pai de Alcimar (Caixa Econômica Federal - Agência: 1302, Conta: 013, Número: 00117109-3).

FCecon

Procurados pela reportagem, a FCecon confirma a necessidade da realização de curativos da idosa diariamente na instituição, na qual foi recomendada por especialista. “E está dentro da normalidade, embora ela apresente quadro de neoplasia maligna”, disse em nota.

A Instituição disse ainda que a paciente têm passado por avaliação com dermatologista e demais especialistas. “Ela foi submetida a uma tomografia, no último dia 14, a pedido de um médico plantonista da unidade hospitalar. Como de praxe, a paciente recebeu a recomendação de agendamento de retorno com médico especialista, o que não foi feito até o momento, conforme consta em prontuário eletrônico, disponível no sistema da instituição”, finalizou acrescentando a recomendação do retorno da idosa à FCecon para a melhor definição da conduta a ser adotada.

Fundação Dr. Thomas

A reportagem entrou em contato com a Fundação Doutor Thomas (FDT), que vai encaminhar as solicitações do casal para o Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (PADI).

*Colaboraram Oswaldo Neto e Amanda Guimarães

Publicidade
Publicidade