Publicidade
Manaus
Manaus

Família procura cachorro cardíaco que desapareceu há cinco dias em Manaus

De acordo com a contadora Morgana Dantas, dona do animal, Chico foi diagnosticado com problemas no coração há quarto anos. Chamado também de ‘Chiquinho’, ele precisa de cuidados especiais 26/07/2013 às 12:28
Show 1
De acordo com a dona do animal, Chico foi diagnosticado com problemas no coração há quarto anos. Chamado também de ‘Chiquinho’, ele precisa de cuidados especiais
Evelyn Souza Manaus

Um animal de estimação debilitado e com problemas cardíacos esse é ‘Chico’, um cachorro mestiço com características da raça Lhasa Apso, com 10 anos de vida e que fugiu de casa no último domingo (21), no conjunto Castelo Branco, bairro do Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul de Manaus. A família procura incessantemente pelo cãozinho e oferece recompensa para quem encontrá-lo.

De acordo com a contadora Morgana Dantas, dona do animal, Chico foi diagnosticado com problemas no coração há quarto anos. Chamado também de ‘Chiquinho’, ele é um cachorro que precisa de cuidados especiais. Devido à idade avançada e problemas no coração, ele come ração especial para cães cardíacos e toma remédios, segundo Morgana.

A família e o animal de estimação moravam no estado do Ceará. “Eu me mudei para Manaus em janeiro e no dia 16 de Abril o Chico chegou aqui. Tenho dois filhos e a minha mais velha que está lá, também está muito angustiada com o sumiço dele”.

Chico fugiu de casa por volta de 12h do último dia 21. De acordo com Morgana, o animal pode ter se assustado com o movimento de pessoas na rua.

“Nós moramos em um endereço até bem calmo, mas dia de domingo tem missa e como moro na rua da igreja, essa hora sempre tem muita movimentação. Acho que ele pulou o portão”, ressaltou.

Após o sumiço de Chico, a família conta que procuraram por ele durante todo o dia. “Alguns chegaram a nos dizer que por ele ser um cachorro bonitinho, peludo, ele já tinha sito roubado”.

Uma cadela da raça Poodle, que atende pelo nome de Meg, vive com Chico desde pequena. Segundo Morgana, os dois foram criados juntos e ela também está ‘deprimida’.

“Ela está sentindo a falta dele, tenho medo que morra. Ela tem 10 anos também e já é bem doente”.


A família está empenhada na procura do cãozinho cardíaco e vários cartazes já foram espalhados pelas principais ruas do Parque 10 e pet shops da cidade. Uma grande mobilização está marcada para este sábado (27), onde deve acontecer a distribuição de mais cartazes e santinhos em postos de gasolina, salões de beleza, pet shops e em outros estabelecimentos.

“Se ele não voltar para casa com urgência, pode morrer”.

Quem tiver informações sobre Chico deve entrar em contato pelos telefones: 8188-1369 - 3236-8241 e 9193-6401.


Publicidade
Publicidade