Publicidade
Manaus
DESAPARECIDA

Familiares pedem ajuda para encontrar idosa de 65 anos desaparecida em Manaus

Hipertensa, diabética e com transtorno de bipolaridade, a idosa necessita de cuidados e remédios, segundo informou familiares 03/08/2017 às 15:32
Show 20479724 1424316904288647 4142027290598737858 n
Foto: Divulgação
Vinicius Leal Manaus (AM)

A idosa Deusa Maria Fernandes dos Santos, de 65 anos, desapareceu desde a manhã de ontem, quarta-feira (2), em Manaus, após sair de casa para ir ao supermercado DB do bairro Nova Cidade, na Zona Norte. Hipertensa, diabética e com transtorno de bipolaridade, a idosa necessita de cuidados e remédios, segundo informou familiares.

“Nós moramos no Rio Preto da Eva, mas ela está morando com o filho mais velho aqui em Manaus para continuar ao tratamento, lá no Nova Cidade. Ontem, ela saiu de manhã para comprar as coisas do aniversário do filho e ele deixou ela no DB do Nova Cidade. Ela disse que ia comprar as coisas e retornar para casa, mas desde lá sumiu e não tivemos mais notícia”, disse a nora da idosa, Marilena Facundes, 35.

Hoje, os filhos e parentes próximos receberam informação do paradeiro da idosa no porto da Ceasa, na Zona Leste da cidade. “Uma colega minha me ligou hoje dizendo que ontem viu ela aqui no porto da Ceasa por volta das 22h. Ela conversou com a minha sogra, abraçou ela e perguntou onde ela ia. E ela (idosa) disse que estava dando uma volta”, afirmou a nora. “Conversaram pouco”.

Conforme Marilena, a sogra afirmou ainda que embarcaria numa lancha para o outro lado do rio. “Ela perguntou se alguma lancha ou balsa ia para o outro lado. Perguntamos aqui do pessoal e os motoristas disseram que a viram sentada conversando, dizendo que ia atravessar. Agora vamos atravessar também para ver se falamos com alguém do outro lado”, afirmou a nora.

Quem souber informações do paradeiro da idosa Deusa Maria Fernandes dos Santos pode entrar em contato com familiares através dos números de telefone (92) 99121-9078 / 99187-8155. “Estamos preocupados à procura dela porque ela necessita de cuidados e remédios”, lembrou a nora.

Publicidade
Publicidade