Publicidade
Manaus
NO SAMBÓDROMO

Fé e emoção marcam 21ª edição da festa de Pentecostes, em Manaus

A celebração do nascimento da igreja católica comemorou, também, os 80 anos do bispo emérito (aposentado) Dom Luiz Soares Vieira 04/06/2017 às 19:33 - Atualizado em 04/06/2017 às 22:11
Show pentecostes03333
Histórias de fé e até relatos de milagres não faltam entre os fieis que participam. Foto: Euzivaldo Queiroz
Isabelle Valois Manaus

A festa de Pentecostes foi marcada por momentos de muita emoção. Com o tema “Vem Espírito Santo com Maria, cuidar da Amazônia!”, a 21ª edição da festividade do nascimento da igreja católica, em Manaus, marcou o lançamento oficial da rádio Rio Mar para FM, os 30 anos da Pastoral da Criança, além de comemorar os 80 anos de vida do bispo emérito (aposentado) Dom Luiz Soares Vieira, que dedicou boa parte da vida cristã servindo a igreja na Amazônia.

O Pentecostes faz parte do calendário cristão e celebra a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo após 50 dias da Páscoa. Em Manaus, nos últimos 21 anos, a festa vem sendo celebrada no Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo) na Zona Centro-Oeste, reunindo milhares de fieis, como aconteceu neste domingo (4).

A programação começou no início da tarde, mas se estendeu pela noite, com missa e shows musicais.

Para o arcebispo de Manaus, dom Sérgio Castriani,  este é um momento de muita alegria e realização para a igreja católica. “Essa festa representa o quanto a igreja é viva e hoje se renova ainda mais com o Espírito Santo, este que é a memória viva da igreja. Um cristão ou uma cristã sem memória, não é um verdadeiro cristão ou cristã, são pessoas perdidas no tempo e não vivem a salvação. O Espírito Santo  é vivo em nós e nos orienta a viver em Cristo, por isso nos alegramos e celebramos este dia tão especial para a igreja”, disse.

Sacramento
Muitos jovens que irão receber o sacramento do Crisma (renovação das promessas batismais) também participaram da  celebração de Pentecostes, como é o caso do estudante Ronilon de Oliveira Soares, 15. Para ele, o Pentecostes só fortalece as raízes da igreja.

“Me sinto honrado em fazer parte desta igreja e principalmente por ser um jovem dela. Hoje o mundo nos oferece muitas oportunidades de viver a vida, não é fácil seguir os ensinamentos de Cristo, e dentro da igreja aprendemos a fazer isso”, comentou o estudante.


Homenagem
Durante o início da celebração, a Arquidiocese de Manaus, realizou uma homenagem ao arcebispo emérito, dom Luiz Soares. Ao Portal A Crítica, o arcebispo disse que a saudade da capital amazonense, onde serviu durante 21 anos, é grande.

"Meu coração se alegra de felicidade ao ter esse reencontro com o povo que tanto me acolheu. Hoje só tenho a agradecer e pedir oração para que tenha uma velhice tranquila e repleta de paz. Tenho saudades e espero logo poder voltar pra Manaus, cidade que tanto amo", comentou.

 

Publicidade
Publicidade