Publicidade
Manaus
Manaus

Feira de Artesanato no Parque do Idoso terá produtos a partir de R$ 5 em Manaus

Jogo americano natalino, toalhas, bonecas, guardanapos, caixas decoradas, capas para eletrodomésticos, bolsas e jogos de banheiro estão entre os itens comercializados 18/11/2015 às 16:22
Show 1
São 500 itens com preços a partir de R$ 5
acritica.com Manaus (AM)

Produtos para a decoração de Natal poderão ser adquiridos no Parque Municipal do Idoso, na 13ª Feira de Artesanato Natalina PMI. O evento, realizado pela Prefeitura de Manaus, acontecerá em dois períodos: de 23 a 26 de novembro e de 30 de novembro a 3 de dezembro. A entrada para acesso aos produtos é gratuita, sempre de 8h30 às 15h. 

São 500 itens com preços a partir de R$ 5. Jogo americano natalino, toalhas, bonecas, guardanapos, caixas decoradas, capas para eletrodomésticos, bolsas e jogos de banheiro estão entre os itens que serão comercializados com preços atrativos. 

A idosa Rute Reis, 77, frequenta aulas de artesanato no Parque Municipal do Idoso há dois anos e participará da feira pela terceira vez.  “Estou na expectativa para ajudar a mostrar o valor do nosso trabalho e vender. O artesanato traz para nós, idosos, muitos benefícios. É uma oportunidade de estarmos sempre em atividade e quando as pessoas elogiam nosso trabalho, nos sentimos úteis. Além de tudo isso, ainda conseguimos ganhar uma renda extra que nos ajuda bastante”, explicou.

A professora e organizadora da Feira de Artesanato, Rosângela Brasil, explicou que o evento visa justamente estimular a autoestima dos idosos participantes. “Muitos desses idosos só ganham a aposentadoria. Então, vender os produtos significa um dinheiro a mais para eles. Isso ajuda na autoestima de cada um, além da ocupação”.

A visão da professora é compartilha pela diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Cruz. “Através dessa atividade, eles se sentem mais importantes e incluídos na sociedade.  A arte estimula a criatividade e faz com que o idoso exponha suas ideias e aptidões, ajuda a exercitar a mente e promove melhora na qualidade de vida”, acrescentou a diretora-presidente da FDT, Martha Cruz.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade