Publicidade
Manaus
agricultura e o consumidor

Feira do Mapa incentiva consumo de alimentos orgânicos em Manaus

Amazonas entra na Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos com programação especial, que terá palestras, rodas de conversas, dias de campos, visitas técnicas, cursos e trabalhos de conscientização 26/05/2016 às 20:28 - Atualizado em 27/05/2016 às 11:13
Show 92519
O Mapa estima que o mercado de orgânicos no País em 2016 alcance R$ 2,5 bilhões. Hoje há cerca de 11 mil produtores. Foto: Clóvis Miranda/Arquivo AC
Cinthia Guimarães Manaus (AM)

A fim de promover a importância da alimentação saudável e a produção sustentável, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) dá início, neste sábado (28), à Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos, que vai até 5 de junho, em 23 estados, entre eles o Amazonas, além de Distrito federal. 

A programação com a feira de alimentos orgânicos acontece a partir das 7h de sábado, no Galpão do Mapa (Av. Maceió, nº 460, Adrianópolis). 

O objetivo é abrir um diálogo com o consumidor para mostrar o que como é a produção orgânica, os benefícios sociais, ambientais e para a saúde, além de ajudar a fortalecer o mercado interno. Este é o 12ª edição da campanha anual “Produto Orgânico Melhor para a Vida”.

O evento terá feiras demonstrativas, palestras, rodas de conversas, dias de campos, visitas técnicas, cursos e trabalhos de conscientização em espaços de concentração do público consumidor.

Segundo o coordenador de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Rogério Dias, a escolha pelo produto orgânico depende de informação e de conhecimento. “Nesse contexto, a educação é fundamental para que as pessoas repensem seus hábitos de consumo”.

Os alimentos orgânicos, como legumes, frutas, verduras, mel, leite ou carne animal, são produzidos sem a adição de artifícios, entre eles agrotóxicos ou hormônios, portanto, mais benéficos à saúde. No entanto, custam cerca de 30% mais caros que os convencionais por ter uma menor escala de produção.

“A semana é para estimular os produtores a conhecerem a cultura, que mais gente passe a produzir, e para pessoas terem o hábito de consumi-los. A saúde é o ponto principal, porque o orgânico preserva nossos manaciais e florestas”, disse Ordilena Miranda, representante da Oscip Novo Encanto, uma das apoiadoras da Semana Nacional do Alimento Orgânicos no Amazonas.

A produção de alimentos orgânicos local hoje esta restrita à Região Metropolitana de Manaus, como nos ramais do Tarumã-Mirim, Pau Rosa e no município de Rio Preto da Eva.

Orgânicos nas escolas

O Mapa também contribui com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na conscientização de nutricionistas, merendeiras e professores, a fim de que eles usem cada vez mais alimentos orgânicos nas escolas.

Publicidade
Publicidade