Publicidade
Manaus
FEIRÃO

Feirão da Caixa já movimentou R$ 9 milhões em acordos de imóveis em Manaus

Evento que segue até domingo (27), no Manaus Plaza, oferece habitações para famílias com renda até R$ 2,4 mil mais próximas da região central da capital 26/05/2018 às 17:32 - Atualizado em 26/05/2018 às 17:40
Show 9560f31a 6fb0 4563 b8d8 ea3b948135d7
Foto: Divulgação
acritica.com

O Feirão de Imóveis da Caixa em Manaus já movimentou R$ 9.224.844,54 desde o primeiro dia do evento, sexta-feira (25), e segue até domingo (26) no Manaus Plaza Shopping, na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul da cidade. Conforme balanço da Caixa Econômica Federal (CEF), foram fechados 64 negócios. Ao todo, cinco empresas participam do evento: MRV, Staff, Direcional, RD e Morar Mais.

Uma novidade desta edição é o faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida. De acordo com o vice-presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (ADEMI-AM), Helio Alexandre, a faixa 1,5 faixa é destinada a pessoas com renda familiar que varia entre R$ 1.800 e R$ 2.400. “É uma condição que a pessoa tem de morar com dignidade, em um lugar que tem clube, piscina, garagem e (boa) localização como, por exemplo, Lírio do Vale, Flores, Avenida do Turismo”, disse.

Mais centralizados

Helio Alexandre destacou que outra novidade deste feirão é a oferta de imóveis em bairros mais próximos da região central de Manaus. “Os produtos estão muito mais bem localizados na cidade, muito mais perto da parte de mobilidade urbana, perto de colégios, hospitais, pontos de ônibus, entre outros”, afirmou.

Segundo o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), Frank Souza, o feirão contempla tanto a capital como outras cidades do Estado. “Esse evento é um grande propulsor de aquecimento do mercado. Nós temos, neste feirão, um grande lançamento do faixa 1,5 e temos a chegada de uma nova empresa, que trabalha principalmente no mercado econômico, que é a MRV”, disse.

A Caixa Econômica espera movimentar R$ 150 milhões nesta edição do programa. “Isso representa, caso se concretize, dois meses da venda usual do mercado imobiliário do Amazonas”, afirmou Souza.

Como negociar

Para facilitar a negociação, os interessados em passar pelo Feirão da Caixa devem levar os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, contracheque, certidão de casamento, declaração de Imposto de Renda, entre outros. Os compradores também podem informar seus dados durante o feirão, para contato posterior. Neste sábado (26), o feirão atende até as 20h e no domingo das 10h às 20h.

Publicidade
Publicidade