Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
ECONOMIA

Feirão Limpa Nome oferece descontos de até 98% em negociação de dívidas

Feirão acontece a partir da próxima segunda-feira (9), na agência da Serara em Manaus. Renegociações também podem ser realizadas pela internet



Boletos-Divulga__o_305938C8-701D-49FE-8B52-7407C94B44EC.jpg Foto: Reprodução
04/03/2020 às 16:51

A partir da próxima segunda (9), a agência da Serasa em Manaus recebe e auxilia consumidores para negociações de dívidas no Feirão Limpa Nome. Para esta edição, a expectativa das empresas participantes é de descontos de até 98%.

Em 2019, dados apontavam 1.035.127 inadimplentes na cidade, ocupando a quarta colocação no ranking de cidades com maior número de pessoas em inadimplência do Brasil.



Desde o dia 27 de fevereiro, já era possível renegociar dívidas atrasadas e/ou negativadas através do site do Serasa Limpa Nome.

No evento anterior, realizado em novembro de 2019, que foi considerado como o maior Feirão Serasa Limpa Nome da história da empresa até o momento, mais de 4 milhões de acordos foram fechados, resultando em mais de 5 bilhões de reais em descontos concedidos.

Dívidas de empresas também estão disponíveis para negociação na plataforma
Honrando seu compromisso em ajudar cada vez mais brasileiros a sair da inadimplência, o Serasa Consumidor anunciar uma grande novidade: dívidas de empresas já estão disponíveis para negociação dentro do Serasa Limpa Nome. Para esse formato, a plataforma já oferece parceria com 4 empresas: Recovery, Claro, Net e Ativos.     

Para Lucas Lopes, diretor do Serasa Limpa Nome, esse é mais um grande passo rumo ao objetivo da empresa, que é devolver o crédito justo para as pessoas: "Incluir dívidas de empresas era um grande desejo que tínhamos e não medimos esforços para integrar mais esse serviço para a população de forma gratuita e segura, dentro de nossa plataforma. Temos certeza de que ajudaremos muitos empreendedores pelo Brasil e essa é a nossa principal característica, desenvolver soluções para quem deseja retomar sua vida financeira de forma rápida, justa e segura", afirma Lopes.

Folia de descontos

A campanha de divulgação do Feirão Serasa Limpa Nome contou com um axé vindo direto da Bahia: Daniela Mercury é a grande estrela desta edição. E para deixar ainda melhor, a startup preparou uma grande promoção: quem pagar os acordos à vista, concorrerá a um jantar com a cantora em Salvador, Bahia. Serão dois sortudos que terão a chance de conhecê-la com tudo pago pela empresa e direito a 1 acompanhante.

O site do Serasa Limpa Nome permite a renegociação diretamente com os credores e de qualquer lugar, com comodidade, segurança e de forma gratuita. As empresas participantes são: Itaú, Banco do Brasil, Santander, Recovery, Claro, Net, Embratel, Avon, Ativos, Anhanguera, CredSystem, Sky, Oi, DI Santinni, Ipanema, Nextel, Unopar, Hoepers, BMG, Digio, Porto Seguro, Tricard, Crefisa, Cartão confiança (D’avó), Unic, Fama, Pitágoras, SoroCred, Uniderp, Unime, Itau Card, Hipercard, ConectCer, Elmo, Tenda, Energisa, Banco Original, Banrisul, EDP. Todas elas com oportunidades exclusivas, prazos de pagamentos diferenciados, além de descontos para a quitação das contas em atraso.       

Ainda segundo Lucas Lopes, essa é a oportunidade de as pessoas negociarem suas dívidas com facilidade e segurança: “o feirão é um momento muito especial para nós e bastante esperado pelos consumidores. Durante 35 dias, os parceiros integrados em nossa plataforma ofertarão condições especiais, chegando até 98% de desconto, para quem quiser pagar suas dívidas! Em novembro do ano passado, fizemos o maior feirão da história e estamos confiantes que superaremos todas as expectativas em ajudar cada vez mais brasileiros a quitar suas dívidas”, afirma Lopes.

Mapa da inadimplência   

Segundo estudo desenvolvido pela Serasa Experian, em dezembro de 2019, o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 63.3 milhões, 1.5% a mais do que em dezembro de 2018, quando eram 62,4 milhões. O montante alcançado pelas dívidas até dezembro de 2019 foi de R$ 256 bilhões, com o valor médio de R$ 4.043,00.  

A maior concentração dos negativados tem entre 26 e 40 anos (37% do total). Em segundo no ranking de participação entre os inadimplentes estão pessoas de 41 e 60 anos, que correspondem por 34,2% do total.

Questões de gênero, a inadimplência está dividida praticamente por igual: 48,3% são homens, e 46,6% são mulheres. A maioria das dívidas foi contraída junto aos setores bancários e de cartão de crédito, totalizando 27,8% do total. O setor de contas básicas, como energia elétrica, água e gás respondeu por 20,4% do total de débitos em atraso. O setor de varejo alcançou 12,3% do montante. Já o setor de telefonia respondeu por 11% da inadimplência.

Inadimplência por região

O estudo também mostra que, em dezembro de 2019, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 45,5% do total, seguida pela região Nordeste, com 24,4%. O Sul ficou em terceiro, com 12,8% dos negativados. A região Norte registrou 9,3%, seguido da região Centro-Oeste, com 8,2%. 

Serviço:

O quê: Feirão Limpa Nome

Data: De 27 de fevereiro a 31 de março           

Endereço: Rua 24 de Maio, 220 Salas 1101 à 1103 - 11º Andar - Ed. Rio Negro, Bairro Centro

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

25 Mai
ARQUIVO_AG_NCIA_BRASIL_8E54B548-1F0D-43FC-B519-959FF459E3B2.jpg

MEC suspende pagamento de parcelas do Fies

25/05/2020 às 13:17

O estudante que tiver interesse em suspender as parcelas deverá se manifestar junto ao banco até 31 de dezembro. A suspensão vale para os contratos que estavam em dia antes da decretação do estado de calamidade pública, reconhecido em 20 de março, e será retroativa às parcelas que não foram pagas desde então


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.