Publicidade
Manaus
Manaus

Felicitações de fim de ano em ônibus são dispensadas por usuários de Manaus

Usuários do transporte público desaprovam mensagens comemorativas nos letreiros digitais dos ônibus, que atrapalham a visão, segundo eles 17/12/2014 às 10:32
Show 1
Alguns usuários reclamam que as mensagens de fim de ano nos letreiros digitais dos ônibus atrapalham na hora de identificar a linha do transporte público
Cynthia Blink Manaus (AM)

Já é uma tradição, em Manaus, que os ônibus do transporte público circulem carregando em seus letreiros digitais mensagens como: “Boas festas”, “Feliz Natal”, “Feliz Ano Novo”. O problema é que enquanto as felicitações das datas comemorativas estão nos letreiros a linha do transporte público é ocultada, o que impede que parte dos usuários de identificar se é o ônibus que precisam. Apesar das reclamações acontecerem nas paradas de ônibus e terminais, a Secretaria Municipal de Transporte Urbano (SMTU) afirma que nunca recebeu nenhuma denúncia quanto a isso.

A acadêmica de enfermagem, Vanessa Calmont, 25, disse que passou pela desagradável experiência de perder um ônibus porque o letreiro estava em uma das frases e sem o número da linha. Para evitar o problema, Calmont sugere outras maneiras dos ônibus entrarem no clima das festas de fim de ano, “Seria melhor se eles usassem faixas ou decorações. Vi motoristas que ficam de chapeuzinho e cumprimentam os passageiros. Acho mais válido”, disse.

Outros investimentos

Para Valeska Braule, 26, a velocidade acelerada que os ônibus passam já é um problema para identificar a linha. “Alguns motoristas andam muito apressados, por isso é difícil enxergar o número da linha para fazer parada, ainda mais com os letreiros de ‘Boas Festas’ no lugar do número”, reclama a historiadora. Ela também reivindica outros investimentos. “Trocaria os letreiros comemorativos por cadeiras, que muitas vezes são poucas ou estão quebradas”, sugeriu.Sem problemasJá o estudante de biologia, Assis Saraiva, 30, não vê problema nas frases dos letreiros trazerem mensagens comemorativas. “Não tenho problema para visualizar de longe e sei ler muito bem, não vejo problema com isso, felicitações sempre são bem vindas”, declarou. Em contrapartida, ele admite que idosos e quem tem alguma dificuldade visual podem ficar prejudicadas.

Questionada durante a produção dessa matéria a SMTU adiantou que pretende averiguar o caso.

‘O Estado é laico’, dizem usuários

Usuários do transporte público também questionaram o uso dos veículos para disseminar tradições religiosas. A estudante de psicologia Elaine Regina, 20, acredita que os letreiros com mensagens são um incentivo ao consumismo e agridem o Estado laico. “A frase que deseja ‘Feliz Natal!’ (uma tradição da igreja cristã) me faz refletir sobre a laicidade do Estado e até que ponto ela se faz presente, visto que os veículos nos quais estão escritas essas frases são públicos”, critica.

A advogada Joice Bernardo comenta que deve-se procurar o equilíbrio entre uma sociedade predominantemente cristã e o direito de liberdade religiosa.

“O Estado precisa ser laico. É grave empregar o dinheiro público num festejo religioso, claro que os investimentos do estado não vão agradar 100% da população, mas é uma questão a ser discutida pela sociedade”, finalizou.

Publicidade
Publicidade