Publicidade
Manaus
MISSA DO GALO

Fiéis celebram nascimento de Jesus Cristo durante Missa do Galo na Matriz

Ao lado de crianças, o bispo Dom Edmilson lembrou que os cristãos devem ser pessoas acolhedoras e confiou o futuro de um mundo melhor nos pequenos 24/12/2018 às 20:48 - Atualizado em 24/12/2018 às 22:43
Show 84ebf373 9235 4ae1 a9b7 d5f4bb643934 a86504cf 5428 49ea 9f2e 023cb0579ec1
Foto: Euzivaldo Queiroz
Amanda Guimarães Manaus (AM)

Centenas de fiéis celebraram na noite desta segunda-feira (24), véspera de Natal, o nascimento de Jesus Cristo durante a tradicional Missa do Galo na Catedral Metropolitana de Manaus, a Igreja da Matriz, no Centro da capital. A programação natalina foi presidida pelo bispo auxiliar, Dom Edmilson Tadeu Canavarros. O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, viajou para comemorar o Natal com a família e não participou do evento. 

A missa do galo começou pontualmente às 19h, com a entoação de cânticos com a temática do nascimento de Jesus. O texto bíblico de Isaías 9:12, também foi lido. Um dos momentos mais importantes da programação foi quando o bispo chamou todas as crianças presentes até a frente. Ele pediu para que os pequenos gritassem: “Viva a Jesus Cristo”, enquanto a imagem do menino Cristo era levada até o presépio do local, ao som da canção “Noite Feliz”.


Foto: Euzivaldo Queiroz

Durante a celebração, o bispo Dom Edmilson lembrou de narrativas do nascimento de Jesus para explicar que os cristãos devem ser pessoas acolhedoras. “Nesta noite somos convidados a ir até o presépio. Lá existe uma realidade que nós experimentamos, porque todos nós nascemos de mulheres. Neste Natal, o melhor presente que podemos entregar é a sensibilidade, tolerância, compreensão, alegria, acolhida, honestidade e solidariedade. Cada criança que chamei até aqui a frente é um sinal de esperança. Confiamos em um mundo melhor nestas crianças”, afirmou o bispo.

A professora Marta Elena Farias, de 46 anos, participou mais uma vez da tradicional missa natalina. Acompanhada dos dois filhos, a mulher destacou a importância de se comemorar o verdadeiro sentido de Natal. “É a segunda vez que venho para a missa do Galo. Para nós, é muito importante celebrar o verdadeiro sentido do Natal, porque renova os nossos corações. Hoje o nascimento do menino Jesus está sendo esquecido, mas como família cristã, somos chamados a celebrar o Cristo”, disse a mulher.


Foto: Euzivaldo Queiroz

A professora também afirmou que as obras natalinas devem permanecer no coração de todos. “Devemos ter obras de amor e caridade. Isso tudo é originado em nós quando começamos a ter experiências com Jesus. Esperamos que ele volte para nós buscar”, completou Marta. 

O policial militar Orladino Matos, de 44 anos, lembrou do casal José e Maria para afirmar que Jesus é o salvador da humanidade. “Estamos revivendo a grande jornada da família de Nazaré. Admiro José e Maria, porque eles obedeceram o chamado de Deus para que fossem os pais do salvador da humanidade.  Como cristão fico feliz neste Natal, pois estou como Igreja de Cristo comemorando o seu nascimento. Hoje é um momento de reviver o sacrifício, humildade e amor de Jesus”, finalizou.


Foto: Euzivaldo Queiroz

Publicidade
Publicidade