Sábado, 20 de Julho de 2019

Fiéis lotam a Igreja da Matriz na tradicional Missa do Galo para homenagear Jesus

Em seu sermão, Dom Sérgio Castriani afirmou que a vinda de Jesus para a terra não é um conto de fadas, mas uma história verdadeira



24/12/2017 às 20:27

Jesus nasceu em uma família. Essa foi a temática do Natal apresentada durante a tradicional Missa do Galo, realizada na noite deste domingo (24), na Catedral Metropolitana de Manaus, conhecida como Igreja da Matriz, localizado no Centro de Manaus. A missa foi presidida pelo arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, e celebrada pelo Pe. Hudson Ribeiro.

Centenas de pessoas participaram da missa que começou pontualmente às 19h. Nos primeiros momentos da programação, a história do nascimento de Jesus, em Belém da Judéia, foi contada por meio de cânticos. A imagem do menino Jesus entrou na igreja nos braços de uma mulher. Depois foi colocado em um presépio na entrada do Templo. Trechos da Bíblia, como Isaías 9:12, foram citados na missa.

Em seu sermão, Dom Sérgio Castriani afirmou que a vinda de Jesus para a terra não é um conto de fadas, mas uma história verdadeira. “O evangelho de São Lucas apresenta o nascimento de Jesus. Isso não é um conto de fadas, mas sim a história real. Jesus entrou na história da humanidade como filho de Deus, o verbo encarnado. Ele nasceu em uma família e transformou as nossas vidas”, disse.

Antes do início da missa, em entrevista à reportagem do Portal A Crítica, Dom Sérgio também destacou que a Missa do Galo é um evento tradicional no Natal, em Manaus. “Nas vésperas que acontecem as grandes festas da igreja católica. No dia 24, fazemos essa missa para homenagear Jesus”, ressaltou Castriane.

Ao ser questionado se pretende continuar na administração da Arquidiocese de Manaus no próximo ano, Dom Sérgio apenas disse que “Só Deus sabe”.

A família e o Natal

O atual pároco da Igreja da Matriz, Pe. Hudson Ribeiro, que também fez a celebração da Missa do Galo, comentou que Jesus nasceu em uma família e essa temática precisa ser apresentada para pais, mães e filhos.

“O Natal é um tempo de renovação. Tempo que as pessoas abrem seus corações para receber a palavra de Deus. Utilizamos na missa a temática da família, porque Jesus nasceu em família. Hoje as pessoas estão se encontrando muito pouco dentro das suas próprias casas. Que o Natal traga o sentimento de querer viver em família”, completou.

Fiéis se emocionam

A governanta Zilda Maria, 61, chegou por volta das 18h30 para acompanhar a missa. Ela afirmou que todos os anos participa da celebração, porque o verdadeiro sentido do Natal precisa ser pregado pela Igreja de Cristo.

"Todo ano venho, porque já é uma rotina para mim. É muito importante celebrar o nascimento de Jesus. O Natal celebra Cristo e a família. Aquele que veio para nos salvar está sendo esquecido por muitas pessoas, mas estamos aqui para relembrar o motivo dele ter vindo para essa terra", comentou.

O consultor de vendas, Edson Ferreira, 53, destacou que venera o nascimento de Jesus Cristo, pois mudou a sua vida. “Todos os anos participo da missa, porque representa a minha veneração ao nascimento de Jesus. Muitas pessoas confundem o Natal com o Papai Noel, mas Jesus é o aniversariante de hoje. Estou muito feliz, participar desta missa me faz ter um sentimento de renascimento”, completou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.