Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020
TRAGÉDIA

Filha mata mãe com tiro na cabeça; companheiro da vítima diz que tiro foi acidental

Caso aconteceu na zona rural de Manaus. Vítima teria sido atingida após a filha, de 22 anos, ter atirado acidentalmente no momento em que ela iria entregar a arma para o pai ir caçar na mata



22cc61f4-6aaf-4f32-a7bc-812414e49e6e_B1321927-A352-4D8C-83E5-5DD229186732.jpg Foto: Junio Matos
14/09/2020 às 13:29

“Foi um momento de desespero, eu e ela, vendo a mãe dela caída no chão, com a cabeça toda estourada. Foi um desespero muito grande”. A declaração é de um homem, que teve a identidade preservada, a respeito da morte da companheira, vítima de um tiro disparado acidentalmente pela filha dele, de 22 anos, conforme o homem informou à imprensa, na manhã desta segunda-feira (14).

O caso ocorreu na casa onde moravam, situada próxima a uma comunidade da Zona Rural de Manaus, na noite deste domingo (13), por volta das 22h, de acordo com o indivíduo, que falou à imprensa na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), localizada na Zona Leste da capital.



“Eu pedi pra minha filha pegar minha arma, que estava debaixo da cama, porque já estava na hora de eu ir pro mato, caçar”, informou o homem, que mantinha um relacionamento com a vítima há 30 anos.

Após pegar a arma caseira, a filha do indivíduo atirou, acidentalmente, contra os pais, conforme relatou o homem. “Pegou pólvora no meu rosto, mas o chumbo pegou todo na mãe dela, que estava do meu lado”, disse. Ela havia se aproximado do companheiro para se despedir dele, antes da caçada. 

Após o acidente, pai e filha se desesperaram, segundo o relato. “Caímos chorando. Minha filha gritou por socorro, mas a mãe dela já estava morta”, afirmou o homem.

A testemunha disse, ainda, que utilizou um telefone rural para acionar a polícia militar e informar o que havia acontecido.

A casa dos três é situada a, aproximadamente, quatro quilômetros, por rio, da comunidade.

A filha do indivíduo está abalada após o ocorrido, conforme informado pelo pai. “Ela está se tremendo toda, chorando, muito abatida”, disse ele.

O homem informou também que não havia desentendimentos entre filha e mãe.

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). A DEHS investigará o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.