Publicidade
Manaus
Manaus

Fiscalização de veículos que passam pela Avenida das Flores ainda não está definida

Obra da via criou nova ligação entre a cidade e a rodovia AM-010, na Zona Norte, que vem sendo usada para ‘fugir’ da barreira 25/10/2014 às 17:31
Show 1
Apesar de ainda estar em obras e com previsão de conclusão para 2015, nova via já é usada como ‘desvio’ por motoristas e também por pedestres, que se arriscam a passar pelo local, mesmo sem infraestrutura e com maquinário pesado na pista
Florêncio Mesquita ---

A pouco mais de um ano da data prevista para a entrega da avenida das Flores, o Governo do Estado ainda não definiu como será realizada a fiscalização de veículos que seguem para a rodovia AM-10 (Manaus-Itacoatiara). Não se sabe se haverá um posto fixo ou móvel de fiscalização.

A avenida terá 11,1 quilômetros de extensão, interligando a avenida Timbiras, na Cidade Nova, à rodovia AM-010, na altura do quilômetro 22, depois do aterro sanitário. Atualmente, quem quer acessar a AM-010 passa, obrigatoriamente, pelo Posto de Policiamento Rodoviário (PPR01) do Batalhão de Trânsito de Polícia Militar (BPtran), no limite da avenida Torquato Tapajós, mais conhecido como “barreira”.

Com o início do funcionamento da avenida das Flores, o condutor que quiser seguir para a AM-010 e, porventura, tiver pendências nos veículos, documentação ou na Carteira Nacional de Habilitação (CHN), poderá “driblar” a fiscalização no PPR01, passando pela avenida das Flores.

A atenção sobre a fiscalização na avenida cresce porque, mesmo com o trecho que segue do conjunto Viver Melhor até a rodovia AM-010 estando só no barro, muitas pessoas já utilizam o local para fugir da fiscalização na barreira. Carros e, principalmente, motocicletas continuam passando pela avenida em obra para não fazer o retorno para o sentido bairro/Centro, na barreira, e correr o risco de ser parado na fiscalização.

Um vigilante permanece no local durante à noite, mas não tem como correr atrás dos veículos e evitar que passem pela via.

Alternativa

A avenida das Flores será o novo e mais fácil acesso para a rodovia AM-010, uma vez que o condutor poderá evitar o fluxo, frequentemente carregado, da avenida Torquato Tapajós. A vantagem é que o condutor que sai das zonas Sul, Leste e Norte terá um acesso facilitado para a AM-010.

Apesar da indefinição sobre a fiscalização, o Estado adiantou que o início do funcionamento da avenida das Flores não tornará obsoleta a barreira que existe na avenida Torquato Tapajós. A Agência de Comunicação do Governo do Estado (Agecom), informou que, por se tratar de uma nova avenida, estudos estão sendo realizados para atender às necessidades da via, tais como, transporte, segurança pública e trânsito, além de mobilidade urbana, entre outros.

A ideia é seguir o exemplo da ponte Rio Negro, no qual o Estado montou um grupo de estudo formado por vários órgãos, a fim de estabelecer as competências de cada um na fiscalização da ponte. Na ocasião, os trabalhos foram liderados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM). De acordo com a Agecom, diversos órgãos estaduais e também municipais avaliarão tais itens.

Publicidade
Publicidade