Publicidade
Manaus
ESTRADAS

Fiscalização em rodovias federais cresce no AM, mas acidentes também aumentam

Para a Polícia Rodoviária, aumento de acidentes foi considerado "inevitável", uma vez que o fluxo aumentou na BR-319 por conta das obras de pavimentação na via 20/02/2017 às 09:57 - Atualizado em 20/02/2017 às 09:58
Show prf
Segundo o órgão, foram fiscalizados 75 mil veículos no ano passado (Foto: Divulgação)
acritica.com Manaus (AM)

Balanço realizado pela Polícia Rodoviária Federal demonstra que houve um aumento significativo da fiscalização ao longo das rodovias federais no Estado do Amazonas, no ano de 2016, tendo sido fiscalizados mais de 75.000 veículos ao longo de todo o ano, cerca de 30% a mais que no ano de 2015. No mesmo período, também houve aumento no número de acidentes nas rodovias federais.

Segundo a PRF, o ano de 2016 foi marcado pelo reforço do efetivo da Polícia Rodoviária Federal com o advento de novos policiais que tomaram posse nos idos do primeiro semestre. A entrada dos novos agentes fez com que o número de veículos fiscalizados aumentasse vertiginosamente, passando de 58.424 em 2015, para 76.736 em 2016, configurando acréscimo de 31,34%.

A despeito da diminuição de 19,3% no número de infrações de um ano para o outro, registrou-se o aumento no número de algumas autuações específicas, como mostra o quadro a seguir:

Dentre as mencionadas autuações, merece destaque o aumento de 24,27% registrado no número de ultrapassagens indevidas, a qual é responsável por grande parte dos acidentes com colisão frontal, que, quase sempre, acaba em morte ou lesão grave dos envolvidos.

Ademais, o excesso de velocidade também foi algo constante nas rodovias federais do Estado do Amazonas, pois constatou-se um aumento de quase 60% no número de autuações desse tipo de infração.

Necessário lembrar que, juntamente com a falta de atenção, as duas causas supracitadas (ultrapassagem indevida e excesso de velocidade), compõem o tripé responsável pela maioria dos acidentes graves (morte ou lesão grave) registrados nas rodovias federais de todo o país.

Acidentes

Os dados mostram que, em 2016, houve acréscimo de 9,4% no número de acidentes, em relação ao ano anterior. Consequentemente, registrou-se, também, incremento no número de mortos nas rodovias federais que cortam o estado, passando de 11, em 2015, para 15 no ano seguinte.

Na avaliação da PRF, o número, apesar de preocupante, deve-se, dentre outros motivos, ao aumento do fluxo de veículos na BR-319 que, antes, era praticamente intransitável e, com algumas obras de pavimentação realizadas ao longo da rodovia, tornou-se viável, fazendo com que o movimento de veículos entre as cidades de Porto Velho/RO e Manaus/AM aumentasse sensivelmente. Com isso, para a PRF, houve um " inevitável acréscimo do número de acidentes".

Alcoolemia

Merece destaque, ainda, as autuações relacionadas à alcoolemia no trânsito, a qual registrou um incremento de 5,85% no ano de 2016, se comparado ao ano anterior, tendo ocasionado 47 prisões em flagrante pelo cometimento do crime previsto no art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, uma prisão a menos que em 2015.

Publicidade
Publicidade