Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
AAAAAAAAAAAAAAAAA.jpg
publicidade
publicidade

ÔNIBUS

Fluxo nos ônibus nas eleições 2017 caiu mais de 50% em relação a pleitos anteriores

Nas eleições de 2014 e 2016, mais de 1 milhão de passageiros usaram o transporte público em Manaus, na época gratuito. Neste ano, só 450 mil


27/08/2017 às 13:59

O fluxo de passageiros nos ônibus de Manaus durante as eleições 2017 caiu mais de 50% em relação a pleitos anteriores. Nas eleições de 2014 e 2016, por exemplo, mais de 1 milhão de usuários usaram o transporte público, na época gratuito. No 1º turno deste ano, ocorrido no domingo 6 de agosto, apenas 450 mil circularam nos coletivos da cidade, o que deve se repetir no 2º turno, hoje (27).

A baixa demanda no transporte durante as eleições 2017 foi confirmada pelo diretor operacional do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetram), Azarias Carvalho. Segundo ele, o que aconteceu no 1º turno deve se repetir neste domingo de 2º turno. “A frota (normal) do sábado transporta cerca de 550 mil pessoas, no primeiro turno foi 100 mil. Abaixo do que era previsto”, exemplificou.

Segundo o Sinetram, a demanda de passageiros por ônibus diminuiu no Centro da cidade e aumentou nos bairros, o que segundo a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) foi causada pelo recadastramento biométrico dos eleitores. Hoje (27), 800 coletivos circulam nas ruas da capital amazonense, conforme a Superintendência de Transportes Urbanos Municipais (SMTU).

De acordo com o superintendente da SMTU, coronel Ronaldo Brito, o horário de pico é entre 11h e 15h, o que levou ao aumento de dois ônibus articulados na frota das Zonas Norte e Leste de Manaus. “Nós adequamos a frota de acordo com a demanda. Nós estamos sem problemas nenhum”, disse.

Brito contou que recebeu denúncias de possíveis paralisações no bairro Nova Cidade. “Essas informações nós checamos e não tem fundamento algum, a frota está operando normalmente e nós não tivemos nenhuma reclamação no nosso SAC”, contou.

Trânsito

O trânsito de veículos nas vias da cidade, segundo o diretor de controle de gestão do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Costa Neto, também foi tranquilo. “Trata-se de um domingo, mas a expectativa é que tenha o fluxo de veículos muito semelhante ao dia de semana. Estamos percebendo uma tranquilidade sem pontos de congestionamento”, relatou.

As ocorrências de trânsito estão entre cinco delas com estacionamento sobre passeio próximo ao colégio eleitoral na Cidade Nova e pane mecânica no transporte coletivo próximo à feira do Coroado. Dez acidentes foram registrados, sendo um deles com vítima fatal na avenida Torquato Tapajós e outro com duas vítimas presas nas ferragens.

O diretor conta que por ser um domingo, as pessoas tendem a aumentar a velocidade, causando acidentes. “Nós pedimos que tenham prudência no seu conduzir”, frisou Costa Neto.

Energia

O representante da Eletrobrás Amazonas Energia, Wilton Araújo, afirmou que uma equipe de 800 técnicos está espalhada por todo o Estado para manter o sistema funcionando.

Na área rural de Tonantins houve a quebra de um poste afetou uma escola. Já na capital, houve uma reclamação da Escola Isaac Swerner que apresentou problemas, mas foi logo resolvido pela equipe da Eletrobrás. Segundo Araújo foi uma possível sobrecarga do disjuntor. "Foram coisas pontuais, graças a Deus não teve nada mais sério", contou.

publicidade
publicidade
Doze pessoas ficam feridas durante colisão entre ônibus em Manaus
Comediante vence eleição presidencial na Ucrânia, aponta boca de urna
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.