Publicidade
Manaus
ECONOMIA

Fogás ensina dez dicas de como economizar o gás de cozinha; confira

Algumas atitudes na hora de cozinhar fazem com que o combustível seja poupado e o dinheiro economizado 04/01/2019 às 15:24 - Atualizado em 04/01/2019 às 15:25
Show fog s abfd2dfa 9d2b 402c b722 bb8e850952e1
Fotos: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Desde 2017, o valor da botija do gás de cozinha tem sofrido diversos reajustes no Brasil. Sendo um dos produtos mais utilizados e indispensáveis nas residências brasileiras, tornou-se ainda mais importante saber como economizar o material e evitar o desperdício. Algumas atitudes na hora de cozinhar fazem com que o combustível seja poupado e, principalmente, o dinheiro utilizado na compra da botija.

Para auxiliar nessas ações, a reportagem conversou com a gerente de marketing da Fogás, Kelly Cavalcante, e preparou uma lista com 10 dicas para a economia do gás. A empresa que foi fundada pelos irmãos Samuel, Israel e Saul Benchimol é pioneira na distribuição do combustível para cozinhas em Manaus. Confira as dicas:

1. Tamanho de panela

A primeira dica é em relação as panelas utilizadas na hora da preparação da comida. É importante que a pessoa utilize uma panela de tamanho adequado à quantidade de alimento que vai cozinhar. Quanto maior o tamanho da panela, maior será o tempo de aquecimento. “Às vezes em casa não temos muitas opções de panela ou temos uma para tudo, mas o ideal é que a pessoa tenha de diferentes tamanhos, porque ajuda na economia do gás”, diz Kelly.

2. Utilize uma tampa para a panela

Durante o cozimento, mantenha sempre as panelas bem tampadas para aproveitar melhor o calor. “Se você for fazer um ovo cozido, mesmo utilizando uma panela menor, mas não tampando, aquilo vai demorar muito mais para cozinhar. O ideal é usar a panela tampada, porque vai cozinhar mais rápido. Isso significa economia no gás”, explica a gerente de marketing da Fogás.

3. Cuidado com o fogo alto

Outra dica para economizar o gás de cozinha é diminuir a chama logo após o início da fervura. “Depois que começa a ferver, não precisa deixar no fogo alto. Pode reduzir a chama depois que chegar na temperatura de fervura”, comentou Kelly.

4. Usar panela de pressão

Sempre que possível usar panela de pressão para cozimentos mais longos. Ela cozinha em alta temperatura e consome menos gás. “Para a panela de pressão funcionar bem e com segurança, é importante que ela também esteja em perfeito estado de conservação”, explica a gerente da empresa.

5. Use o forno no tempo certo

Planeje bem o uso do forno. Cada vez que ele é ligado, há um consumo grande de gás. “O forno consome mais gás que o uso de um queimador. Quando ele é acionado  todos os queimadores do forno ficam em uso, simultaneamente. Então, quanto maior o forno e mais tempo ele fica em consumo mais gás é utilizado”, comentou Kelly. 

6. Acender o fogo

Se o fogão não tiver acendimento automático, a pessoa deve primeiro riscar o fósforo para depois liberar o gás. “O acendimento automático do fogão é muito legal, mas nem todos são assim. Se a boca do seu fogão precisa ser acesa no fósforo, é importante você acioná-la e depois riscar o fósforo. Se você ligar o queimador e demorar para colocar o fósforo, vai gastar ainda mais gás e acaba sendo perigoso”, explicou Kelly.

7. Confira a validade do regulador e mangueira da botija

O regulador e mangueira têm validade que pode impactar na economia da família. “Ambos possuem validade de 5 anos, a partir da data de fabricação. Às vezes a data de vencimento do regulador e da mangueira é a mesma, mas às vezes não. A pessoa deve ficar de olho nos dois. Quando um deles vence, não fica na sua total funcionalidade, e acaba gastando mais gás, além de comprometer a segurança”, afirmou.

8. Limpeza dos bicos do fogão: ineficiência e perdas

A oitava dica é em relação a limpeza dos bicos do fogão. A sujeira acaba afetando o funcionamento da chama e impactando no consumo do gás. “Nem sempre limpam os furinhos do queimador. Eles são pequenos buracos, mas com o passar do tempo vai caindo farinha, gordura, leite, e acaba entupindo. Isso compromete a qualidade da chama. É bom deixar claro que a chama perfeita é a azul, porque a amarela ou laranja, não é de qualidade e deixa o fundo da panela preto”, destacou Kelly.

9. Botijas para o tamanho da família

A penúltima recomendação acaba gerando economia diretamente no bolso do consumidor. O ideal é a família escolher o tamanho da botija considerando o seu consumo. “Se uma pessoa mora sozinha ou acabou de casar, ela pode optar por uma botija de 5 quilos porque o seu consumo de gás não é tão grande. Quem tem uma família maior, a partir de 4 pessoas, pode utilizar a de 13 quilos”, comentou.

10. Aplicativo Fogás

Uma forma de economizar é fazer pesquisa de preço. O App Fogás está disponível nas plataformas Android e IOS e oferece serviços mais completos para os consumidores, como preço do produto por revenda, tempo de entrega e avaliação de atendimentos anteriores. Os clientes conseguem ver os valores das botijas nas revendedoras mais próximas de casa, conforme o filtro que desejar.

Publicidade
Publicidade