Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Manaus

Foragido da Justiça, da operação La Muralla, é preso em Manaus na sede da Seap

Segundo a Seap, ele recebeu voz de prisão no momento em que iria assinar a frequência na Casa do Albergado de Manaus (CAM), em Manaus



1.jpg O homem tinha um mandado de prisão em nome dele, expedido pela Polícia Federal na operação La Muralla
01/03/2016 às 14:36

Foi preso nesta terça-feira (1º), em Manaus, Zaqueu Mota Aragão, foragido da Justiça da operação La Muralla, que foi deflagrada pela Polícia Federal em novembro de 2015 com objetivo de desarticular o crime organizado no Amazonas.

Zaqueu foi preso por uma equipe do Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen), dentro da sede da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Segundo a Seap, ele recebeu voz de prisão no momento em que iria assinar a frequência na Casa do Albergado de Manaus (CAM), no bairro Cachoeirinha, Zona Sul.

O homem tinha um mandado de prisão em nome dele, expedido pela Polícia Federal na operação La Muralla. Zaqueu foi encaminhado à Superintendência da PF, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste da capital, onde deverá prestar depoimento e, em seguida, será encaminhado à cadeia pública.

La Muralla

A operação La Muralla foi deflagrada em novembro de 2015 em uma ação conjunta das polícias Federal, Civil e Militar. Na época, foram cumpridos 127 mandados de prisão preventiva, 67 mandados de busca e apreensão, além de 68 medidas de sequestro de bens e sete buscas em presídios estaduais.

O objetivo foi desarticular o crime organizado que atuava dentro do sistema prisional, além do crime de tráfico de armas, evasão de divisas, homicídios, lavagem de dinheiro, dentre outros. Entre os principais alvos da operação eram membros da facção criminosa Família do Norte (FDN).

*Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.