Publicidade
Manaus
Manaus

Foragido do Compaj, 'Barará' é preso suspeito de homicídios e tráfico na Zona Leste

Mortes ocorreram nos anos de 2012 e 2013, segundo a Polícia Civil. Suspeito era foragido do Compaj há 2 anos e foi recapturado neste domingo (2) 03/11/2014 às 19:32
Show 1
Homem é suspeito de homicídios e foi preso por tráfico de drogas
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O foragido do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Luciano de Almeida Barros, 25, conhecido como “Barará”, foi preso pela polícia neste domingo (2) pelo crime de tráfico de drogas. Ele ainda era procurado pelo envolvimento em dois homicídios ocorridos em 2012 e 2013. Segundo a Polícia Civil, “Barará” era o mandante dos crimes.

O suspeito foi preso por policiais da 30º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) na rua Anador, bairro João Paulo, Zona Leste de Manaus, após denúncia anônima. Segundo a Polícia, ao chegar ao local, a guarnição encontrou e apreendeu 20 trouxinhas de substâncias entorpecentes com aspecto de maconha e pasta base de cocaína, além de R$ 50 em dinheiro.

Na delegacia, foi constatado que havia um mandando de prisão contra “Barará” por envolvimento em homicídio. O crime ocorreu no dia 6 de junho de 2012, também na rua Anador. A vítima, Rodrigo Serdeira do Vale, 20, era usuário de drogas e estaria devendo uma quantia ao suspeito.

O segundo homicídio também teria sido foi motivado por dívidas relacionadas ao tráfico de drogas e ocorreu em 21 de fevereiro de 2013, na rua Tamarindo, no bairro Jorge Teixeira. A vítima, Marcelo Azêdo Pontes, 19, foi morto porque estaria devendo à ele R$ 100

Conforme o delegado titular do 30º DIP, Ivo Martins, “Barará” seria mandante dos crimes. Os autores estão sendo procurados.

“Além de estar envolvido nesses dois crimes, Luciano é foragido do sistema penitenciário onde cumpria pena por roubo e tráfico de drogas. Estamos tirando esse indivíduo de alta periculosidade de circulação e esperamos levar um pouco mais de tranquilidade aos moradores da Zona Leste”, destacou Ivo.

Segundo a Polícia Civil, “Barará” estava foragido do semiaberto do Compaj desde 19 de julho de 2012. Ele foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade