Publicidade
Manaus
Manaus

Foragido do Ipat é reconhecido por populares e recapturado

Marildo é um dos 176 detentos que fugiram do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) no último dia 9 de julho, a maior fuga no sistema penitenciário do Amazonas 10/09/2013 às 12:18
Show 1
Marildo não reagiu a prisão e disse na delegacia que não aguentava mais ficar preso e por isso, aproveitou a facilidade para fugir do presídio
Bruna Souza Manaus, AM

Marildo Batista Vieira Júnior, 26, caminhava tranquilamente pelas ruas do bairro Planalto, Zona Centro-Oeste de Manaus, quando foi reconhecido por moradores e posteriormente preso na noite de segunda-feira (9). Ele é um dos 176 detentos que fugiram do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) no último dia 9 de julho, registrando a maior fuga no sistema penitenciário do Amazonas. Marildo foi  apresentado à imprensa pela polícia nesta terça-feira (10).

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, policiais militares da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) efetuaram a prisão depois de receberem denúncias anônimas. Marildo não reagiu à prisão e disse na delegacia que não aguentava mais ficar preso e por isso, aproveitou a facilidade para fugir pelo buraco feito na grade de segurança do presídio durante a rebelião.

O delegado titular do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Paulo Benelli, relatou que não há informações sobre crimes cometidos pelo detento durante a sua permanência fora do Ipat. Porém, o delegado aproveitou para pedir que possíveis vítimas de Marildo se encaminhem até a delegacia para registrar a ocorrência e o caso seja anexado no processo do detento.

O detento recapturado cumpria pena por roubo desde novembro de 2012 e vai retornar para a unidade prisional. Até esta terça-feira já foram recapturados 112 dos 176 presos que fugiram na ocasião. Sessenta e quatro detentos ainda são procurados e qualquer informação sobre a localização dos mesmos, a polícia pode ser acionada pelo 180 ou 190.

Publicidade
Publicidade