Publicidade
Manaus
Manaus

Força-Tarefa prende foragidos que vendiam droga próximo a escolas de Manaus

Foram encontradas com os suspeitos 73 trouxinhas de oxi e um rádio comunicador que estavam escondidos em um matagal próximo ao local 05/07/2013 às 12:26
Show 1
Dois jovens foram presos e um adolescente de 16 anos foi apreendido, suspeitos de tráfico de drogas
acritica.com ---

Policiais da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) prenderam na madrugada desta quarta-feira (05) dois jovens e apreenderam um adolescente de 16 anos suspeitos de tráfico de drogas. Jonathas Brito Pena, 23, conhecido como ‘Careca’, Jefferson Rodrigo Brito Pena, 24, o ‘Lourinho’ e J.R.S,16, estariam repassando entorpecentes para alunos das escolas Nazira Chamma Dou, Estelita Tapajós e Machado de Assis no bairro de Educandos, na zona Sul de Manaus.

Após denuncias anônimas para o 181 (disque-denúncia) da SSP-AM, os policiais começaram a investigar a rotina da venda dos entorpecentes nas imediações das escolas. “Foram quatro dias observando a movimentação dos três suspeitos” revelou um dos investigadores da SSP.

Segundo a Força-Tarefa, no momento da abordagem, por volta de 23h, o trio estava sentando em frente a uma casa na rua  Manoel Urbano, no bairro Educandos. Com os suspeitos foram encontradas 73 trouxinhas de oxi e um rádio comunicador que estavam escondidos em um matagal próximo ao local.

Mais foragidos capturados

Na delegacia os policiais descobriram que Jonathas Brito Pena e Jefferson Brito Pena são foragidos do regime semi-aberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), e ambos respondem processo por roubo. Eles foram encaminhados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro praça 14. O adolescente foi levado para a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Deaai), no Alvorada.

O secretário-adjunto da SSP, delegado Francisco Sobrinho, explicou que a Secretaria de Segurança Pública está com um trabalho específico para combater o tráfico de drogas nas proximidades das unidades educacionais de Manaus. “Em cinco meses já apreendemos quatro adolescente e prendemos cinco pessoas que estavam nessa atividade ilícita. E continuamos pedindo ajuda da comunidade para que denunciem e colaborem com o trabalho da polícia”, disse o secretário.

Publicidade
Publicidade