Domingo, 26 de Maio de 2019
MEDO

Fuga em massa faz três cursos da Ufam paralisarem atividades até sexta (6)

A medida foi tomada pelos cursos noturnos de Psicologia, Biotecnologia e Engenharia de Produção. As atividades devem voltar à normalidade na segunda-feira (9)



ufam.JPG
Foto: Arquivo AC
05/01/2017 às 20:23

A fuga em massa de 184 presos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), no último dia 1° de janeiro, gerou um clima de insegurança em Manaus. Por conta do ocorrido, alguns cursos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) decidiram retornar com suas atividades no Campus Universitário, localizado no bairro Coroado 1, na Zona Leste, somente a partir de segunda-feira (9). A medida foi tomada pelos cursos noturnos de graduação de Psicologia, Biotecnologia e Engenharia de Produção.

Antes do incidente, o reinício das aulas estava marcado para esta semana. Na Faculdade de Psicologia (Fapsi), as aulas foram suspensas até sexta-feira (6). “A decisão supracitada se respaldou no fato de que até o momento nem a administração superior, nem a PROEG [Pró-reitoria de Ensino de Graduação], se pronunciaram diante do ocorrido em 01/01/2017 [dia em que ocorreu a rebelião em unidades do sistema prisional em Manaus], que tem gerado um clima de insegurança dentre os discentes, principalmente os que utilizam transporte coletivo. Como o curso de Psicologia é predominantemente noturno, a situação de vulnerabilidade é maior”, diz trecho da nota publicada pela coordenação, em sua página no Facebook. A secretaria da Fapsi continua funcionando.

As aulas estão suspensas desde quarta-feira (4) no curso de Biotecnologia, conforme portaria assinada pela professora Doutora Daniele Matoso, coordenadora do curso, “tendo em vista assegurar a integridade física dos acadêmicos”. “Circulou a informação de foragidos que teriam sido recapturados dentro da mata da Ufam, daí o medo dos alunos. [...] como fui procurada, decidi suspender as aulas destes dois dias, mas é uma medida do curso de Biotecnologia”, declarou Daniele à reportagem publicada pelo portal A Crítica.

As aulas também estão suspensas desde a noite desta quarta-feira (4) no último horário do curso de Engenharia de Produção. Em entrevista ao site da Associação dos Docentes da Ufam (Adua), o estudante do 2º período do curso, Weverton Cascais, disse que o ideal seria reforçar a segurança no Campus, mas, enquanto isso não ocorre, considera a decisão correta.

“O certo é ter mais segurança no campus, entretanto vendo a impossibilidade de assegurar foi o melhor suspender as atividades no horário da noite, uma medida para prevenir o pior. Fora que com o retorno das atividades no último horário a faculdade está praticamente deserta”, afirmou.

A reportagem entrou em contato com a reitora da Ufam, Márcia Perales, para comentar o caso, mas até o fechamento desta edição não obteve sucesso.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) divulgou nesta quinta (5) um novo balanço dos trabalhos de recaptura dos presos foragidos do sistema prisional do Amazonas. Até o momento, 65 fugitivos foram recapturados, sendo 33 do Compaj e 32 do Ipat. Restam recapturar 119 presos dos 184 que fugiram originalmente. O Compaj e o Ipat ficam localizados no Km 8 da BR-174, que liga Manaus com a cidade de Boa Vista.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.