Sábado, 14 de Dezembro de 2019
FLAGRANTE

Funcionário preso em flagrante transportava medicamentos dentro do próprio carro

Roger Duarte, 22 anos, foi apresentado na tarde desta sexta-feira (1º) e responderá pelo crime de peculato. Policiais civis da Derfd encontraram os medicamentos dentro do carro e na casa do suspeito



01/11/2019 às 19:23

No carro do conferente Roger Duarte, 22 anos, apresentado na tarde desta sexta-feira (1º) por desviar medicamentos do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, foram encontrados muitas caixas com os medicamentos subtraídos da unidade hospitalar.

A equipe policial da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd) havia montado uma campana nos arredores do hospital e, após perceber uma movimentação suspeita do acusado, que embarcava várias caixas dentro de um veículo modelo Citroen C3, prata, resolveu segui-lo.



Ao chegar na casa do suspeito, os policiais fizeram uma abordagem e constataram a existência de medicamentos para diversos fins, pertencentes ao hospital.

Entre os diversos fármacos estavam a Piperocilina , utilizado no tratamento de infecções bacterianas.

No vídeo, é possível ver também caixas contendo ampolas do analgésico Tramadol, o antibiótico Meropeném e cartelas do anti parasitário Albendazol. De acordo com as investigações da Polícia Civil, a estimativa é que o prejuízo para o hospital seja de R$ 100 mil.

Aos policiais civis que efetuaram a prisão o suspeito confessou o crime e afirmou que os fármacos eram enviado a cidade do interior do Estado. Roger faturava entre R$ 60 mil e R$ 80 mil. Segundo o conferente, ele chegava a faturar cerca de R$ 2 mil a R$ 4 mil.

De acordo com informações repassadas pelo delegado Guilherme Torres, o suspeito já vinha sendo investigado, após a direção do hospital constatar a falta de vários medicamentos antes do prazo previsto, e acionar a polícia.

“Haviam vários medicamentos na residência dele. Ao interrogarmos o suspeito, que é réu primário, o mesmo disse que agia sozinho; mas ainda assim continuaremos com as investigações, para sabermos se há mais pessoas envolvidas e a quem, de fato, ele repassava os medicamentos”, destacou o delegado.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) se manifestou sobre o caso, e disse que a prisão é resultado das medidas que vêm sendo adotadas nos hospitais. “A ocorrência foi oficializada à Delegacia de Roubos e Furtos em 14 de outubro, mas a direção da unidade já vinha monitorando, em sigilo, com o conhecimento da Susam, o sistema de entrada e saída de medicamentos  do setor de farmácia do João Lúcio”.

Logo após ser apresentado, na tarde desta sexta-feira (1º), o suspeito foi encaminhado a uma audiência de custódia.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.