Publicidade
Manaus
PROTESTO

Funcionários da ALE-AM fazem protesto e reivindicam reajuste salarial

Os colaborados da casa legislativa cobram o cumprimento da data-base e o reajuste salarial, que segundo eles não é feito há três anos 03/10/2017 às 17:32
Show ale am
Foto: Divulgação
Camila Pereira Manaus (AM)

Funcionários da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) realizaram, nesta terça-feira (3), durante sessão no plenário da casa, na Zona Centro-Sul de Manaus, uma manifestação para cobrar o cumprimento da data-base e o reajuste salarial, que segundo eles não é feito há três anos. Eles esperam o retorno do deputado David Almeida (PSD) para a presidência da casa para que alguma atitude seja tomada.

No mês passado, chegou até a ALE–AM um projeto do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) em que reajusta em 9,28% o salário de seus funcionários. A mensagem reacendeu a discussão sobre o tema relativo aos servidores da ALE–AM.

“Com a chegada do projeto do TCE-AM que previa o reajuste salarial daquele órgão, os servidores começaram a se movimentar. Lá (TCE-AM), um servidor de nível médio ganha por volta de R$ 5 mil sem qualquer benefício, o mesmo cargo aqui gira em torno de R$ 1,6 mil. A diferença chega a três vezes. Reivindicamos a equiparação salarial”, afirmou o agente administrativo Caio Rodrigues.

Ainda de acordo com o funcionário, espera-se a volta de David Almeida à casa legislativa para resolver o impasse. “O parlamentar afirmou que houve recorde na arrecadação, a gente imagina com a recuperação, possamos conseguir nossos direitos”, afirmou.

O líder do governo na casa, Sabá Reis (PR), destacou que o Estado vem numa crescente em relação à arrecadação de recursos. “A verdade é que não podemos ficar sem resposta pra vocês. Vocês não têm culpa que deputados de um determinado governo dormiram de touca e repassaram um valor que era nosso”, afirmou o parlamentar, acrescentando que haverá diálogo com a volta de David Almeida.

O deputado Luiz Castro (Rede) afirmou que os funcionários estão há três anos sem recomposição. “Não é de hoje que eles reivindicam. Eles estão há três anos sem nenhum tipo de recomposição, de data-base, a inflação vem corroendo os salários deles. Esperamos que seja um dos primeiros atos de David Almeida na sua volta”, disse.

LEIA MAIS 

Deputado Dermilson Chagas é cotado para ser novo líder do governo na ALE-AM

ALE-AM demite funcionários ‘fantasmas’ parentes do chefe de gabinete de Platiny

Publicidade
Publicidade