Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
Manaus

Fundação Alfredo da Matta participa de campanha para sensibilização sobre DST/Aids

De 7 a 15 de fevereiro, equipes da instituição marcarão presença em bandas e blocos de carnaval para sensibilizar a população sobre as DSTs



1.jpg Camisinhas serão distribuidas em blocos de carnaval
29/01/2015 às 19:03

De 7 a 15 de fevereiro, equipes da Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis da Fundação Alfredo da Matta (GDST/Fuam) marcarão presença em bandas e blocos de carnaval de Manaus, para sensibilizar a população sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DST) e Aids e para distribuir kits com panfletos educativos e preservativos.

De acordo com o diretor-presidente da instituição, Helder Cavalcante, o objetivo é alertar a população para estas doenças, lembrando a importância do uso dos preservativos e para que todos atentem aos comportamentos de risco.



Programação interna

Além de ir às ruas, a equipe da GDST/Fuam também realizará uma programação especial, no dia 13 de fevereiro, sexta-feira de carnaval, na sede da instituição. "Teremos o Fuam na Folia, com palestras nas salas de espera para nossos usuários e servidores, em dois horários: a partir das 8h e a partir das 13h; além da distribuição de kits com panfletos e preservativos", afirmou Carlos Alberto Barros, responsável pela Gerência de DST.

"Às 11h, haverá música ao vivo, com uma fanfarra convidada tocando músicas de carnaval, um momento lúdico que tem como principal objetivo chamar a atenção de todos para que se divirtam com responsabilidade", contou Carlos.

A equipe da GDST/Fuam também participará das atividades da Coordenação Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais, que serão realizadas durante os desfiles das escolas de samba, no Centro de Convenções. A programação da coordenação para o período do Carnaval, que tem a parceria das secretarias municipais de saúde em todos os municípios – capital e interior – está sendo finalizada e deve ser divulgada na próxima semana.

Indicadores

Dados parciais de 2014 (de janeiro a setembro) indicam que foram realizados, pelo serviço de DST da Fuam, 2.563 atendimentos, que incluem consultas de aconselhamento - atendimento individualizado no qual o paciente recebe orientações sobre as DST, comportamentos de risco e formas de prevenção - além de consultas médicas e exames específicos, como por exemplo, testes para HIV/Aids.

Do total de atendimentos, 1.924 foram diagnosticados com pelo menos uma doença sexualmente transmissível, sendo 76% homens e 24% mulheres. As síndromes mais comuns detectadas foram o corrimento uretral, com 578 casos (36,2%), seguido de verrugas genitais, com 541 casos (33,9%).

Bandas e blocos que serão visitados

Dia 07/02 - Banda da Bica e Banda da Difusora

08/02 - Banda do Boulevard

15/02 - Bloco das Piranhas


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.