Publicidade
Manaus
Manaus

Garoto de 12 anos é suspeito de assassinar jovem em quitinete no Santa Etelvina

Corpo da vítima foi encontrado pela própria mãe após ir deixar uma cesta de alimentos na casa do filho. Segundo moradores, o suspeito é um adolescente de 12 anos envolvido no tráfico da área 07/11/2013 às 19:40
Show 1
Vítima foi alvejada com três tiros na cabeça
OSWALDO NETO* Manaus (AM)

Um crime ocorrido em uma quitinete localizada na rua Gênesi do Morro do Macaco, nº 117, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus, resultou na morte de João Erick Guimarães Silva, 18, executado na manhã desta quinta-feira (7). O principal suspeito do homicídio é um garoto de 12 anos identificado somente como “Paulo Bia”, o qual segundo moradores tem envolvimento com o tráfico de drogas na área.

De acordo com José Oliveira, 48, proprietário do imóvel, por volta das 10h30 foi acordado pela esposa, pois segundo ela, havia escutado barulhos estranhos vindos do outro apartamento. Após ir a quitinete e olhar por uma brecha da janela, Dias viu “Paulo Bia” e questionou se tinha acontecido alguma coisa, onde o mesmo respondeu negativamente.

Em seguida, já por volta de 12h, a mãe de Erick foi ao local para deixar um rancho, porém não obteve resposta do filho ao bater na porta. Na ocasião, ela teria pedido a José uma chave reserva, e após entrar na residência, teria se deparado com “Paulo Bia”. Segundo o proprietário, o suspeito fugiu do apartamento portando drogas, dinheiro e um líquido branco, supostamente sido usado para refino de entorpecentes.

A vítima foi encontrada pela mãe jogada no colchão com três tiros na cabeça. O proprietário informou que Erick tinha alugado o apartamento há menos de um mês e morava sozinho no local, mas recebia frequentemente a visita do adolescente. O suspeito ainda está foragido e o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

*Colaborou o repórter Adriano Silva

Publicidade
Publicidade