Publicidade
Manaus
TRAGÉDIA

Garoto de 7 anos desaparece após cair em bueiro quando brincava

Acidente aconteceu no Monte das Oliveiras; buscas foram encerradas por volta das 19h30 deste domingo e serão retomadas na segunda-feira 23/10/2016 às 17:44 - Atualizado em 23/10/2016 às 20:25
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Gustavo Silva Araújo, de 7 anos, está desaparecido depois de ter caído em um bueiro na tarde de hoje, quando brincava na Rua Louro Chumbo, no Monte das Oliveiras, zona Norte de Manaus, durante a forte chuva que atingiu parte da cidade.

A criança caiu em um bueiro do tipo "boca de lobo", que fica no canto das calçadas e não tem proteção de grades. De acordo com o capitão Andrey, do Corpo de Bombeiros, quatro viaturas e dez homens atuaram nas buscas pelo menino.  "A situação é difícil ,mas vamos continuar as buscas e confiantes de que vamos encontrá-lo", afirmou ele.

As buscas, inicialmente, ficaram concentradas na Rua Louro Chumbo, onde ocorreu o acidente. Depois os bombeiros seguiram para procurar o garoto no Igarapé do Passarinho, onde desemboca o bueiro.  Na terceira etapa, os bombeiros pegaram uma pequena embarcação e seguiram pelo Igarapé do Passarinho em destino ao Tarumã-Açu, para onde segue o curso da água do igarapé. As buscas foram encerradas às 19h30, sem que Gustavo fosse encontrado.

Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf)  se dirigiram ao local para realizarem uma vistoria em toda a extensão da tubulação da rede de drenagem existente na área, de acordo com a Prefeitura de Manaus. Uma equipe da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh)  também está no local para averiguar a situação e dar suporte à família. 

Desespero

A mãe de Gustavo,  Elenice Alves da Silva, muito abalada, trocou poucas palavras com a reportagem. Ela disse que o pai da criança, com quem tem cinco filhos no total, está tomando tranquilizantes para lidar com a situação. De acordo com a avó da criança, os pais estavam trabalhando no momento do acidente, que ocorreu quando o menino brincava com primos na rua. 

Vanderlei Cardoso, que é vizinho da família, percebeu o momento que o garoto escorregou e caiu no bueiro. Ele ainda tentou segurar o garoto, mas a força das águas foi maior e acabou levando o garoto bueiro adentro. "É chato você ver uma pessoa cair e não conseguir salvar", lamentou.

Filme repetido

Isabel Pinheiro, de 13 anos, passou pelo mesmo drama há 7 anos. Ela estava brincando na mesma rua, a Louro Chumbo, quando caiu no mesmo bueiro que Gustavo. Ela foi parar no Igarapé do Passarinho, mas conseguiu se apoiar e se salvar. Ela conhecia o garoto de vista e torce para que ele tenha a mesma sorte que ela teve quando sofreu o acidente. "As autoridades deveriam tomar providências. Já se passaram sete anos sem nada ser feito no local. Deveriam colocar grades de proteção", afirmou ela. 

Publicidade
Publicidade