Publicidade
Manaus
Degradação

Praça de Alimentação de conjunto em Manaus sofre com a falta de manutenção

A Praça de Alimentação do conjunto Tocantins, no bairro Chapada, Zona Centro-Sul, á foi um dos lugares mais frequentados da cidade, mas hoje sofre com a crise 05/04/2016 às 22:20 - Atualizado em 06/04/2016 às 08:49
Show hum.am.r14
Temporal arrancou parte do telhado da Praça de Alimentação do conjunto Tocantins e até hoje as telhas não foram substituídas (Antônio Menezes)
Silane Souza Manaus (AM)

“Um espaço de convivência que está bastante degradado”. Foi assim que a professora Maria das Graças Ferreira, 43, classificou a atual situação em que se encontra a Praça de Alimentação do conjunto Tocantins, no bairro Chapada, Zona Centro-Sul, que já foi um dos lugares mais frequentados da cidade. Para ela, são muitas as reclamações, sobretudo quanto ao estado dos banheiros e do telhado.

“Os banheiros estão em péssimas condições para uso; parte do telhado está sem telha e quando chove molha quem senta naquela área descoberta. É preciso que os administradores do local façam uma reforma urgente, caso contrário, muitas pessoas vão deixar de ir ao espaço. Ninguém gosta de ir comer em um local que não oferece condições mínimas de higiene e comodidade”, enfatizou.

Para o autônomo José Rodrigues Nascimento, 25, há muito tempo a praça necessita de uma manutenção. “Não é só o telhado que está deixando a desejar, mas o ambiente em si. Os concessionários deveriam pelo menos colocar uma pintura nova, pois essa praça de alimentação, além de oferecer diversos serviços à população, atende a demanda não só dos moradores do conjunto, mas de todas essas regiões próximas”, destacou.

Os concessionários da Praça de Alimentação reconhecem que o espaço de convivência do conjunto Tocantins precisa de uma reforma, mas dizem que a crise econômica afastou os usuários e, consequentemente, diminuiu a renda deles. Com isso, os gastos com uma reestruturação é inviável e como o local é gerido por eles próprios não tem como conseguir verba pública que ajude na reforma.

Laerte Santos, um dos fundadores da praça, conta que o movimento de clientes caiu muito, mas mesmo assim os concessionários fazem de tudo para manter o espaço funcionando e cheio de atratividades. “Recentemente nós pintamos o anfiteatro e todas as sextas-feiras têm som ao vivo, além disso, temos bons restaurantes, lojas de conveniência, preços acessíveis e segurança”, afirmou.

Sobre a falta de telha em algumas partes do telhado da praça ele disse que elas foram arrancadas no último temporal que atingiu aquela região e que desde então não foi possível colocar outras no lugar. Em relação à reforma Laerte afirmou que no momento não há nenhuma prevista. No entanto, o fato não implica no funcionamento do espaço, que ainda atrai muitas famílias, principalmente nos finais de semana. 

Em números

34 quiosques há na Praça de Alimentação do Conjunto Tocantins. A maioria funciona tanto durante o dia quanto a noite e todos os dias da semana. Nas terças-feiras, o local também abriga uma feira de peixes e verduras.

Publicidade
Publicidade