Terça-feira, 16 de Julho de 2019
BALA PERDIDA

Gerente de caixa é atingido por bala perdida enquanto dormia em casa, na Cidade Nova

Avesso a saídas por medo da violência, ele decidiu dormir cedo no Natal, antes mesmo da meia-noite, e acordou com uma dor imensa em um dos joelhos



portal_4__800x533_.jpg Foto: Euzivaldo Queiroz
26/12/2017 às 06:45

Em plena madrugada de Natal, o gerente de caixa de posto de combustíveis Franklin Brendel Silva dos Santos, 22, foi atingido no joelho por uma bala perdida, que o acertou enquanto dormia em sua cama, dentro da casa onde ele vive com a família, na rua Vida Nova, conjunto Cidadão 1, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. Na véspera, o gerente - que é avesso a saídas por medo da violência - decidiu dormir cedo, antes mesmo da meia-noite, e acordou na segunda-feira (25) de Natal com uma dor imensa em um dos joelhos.

Sem entender o que estava acontecendo, Franklin foi levado às pressas pelo pai para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste, e foi só quando ele chegou à unidade de saúde que ficou sabendo que a dor se tratava de um tiro que havia recebido enquanto estava dormindo, segundo informou a irmã de Franklin, Maria*, de 17 anos. De acordo com ela, somente no HPS foi possível saber o que havia acontecido. “Lá o médico retirou o projétil do joelho dele e só assim descobrimos que ele havia sido baleado”, disse a jovem.

Segundo ela, o irmão é caseiro e não é envolvido em crimes. Na véspera do Natal, Franklin chegou cedo do trabalho, por volta das 19h, passou um tempo no computador e depois dormiu. A adolescente contou que o irmão acordou com uma dor no joelho e que chegou a pensar que alguém havia invadido a residência. “Ele acordou com uma dor, gritando, dizendo que seu joelho estava doendo muito e, nesse momento, todos estavam dormindo. Ele foi até o meu quarto, me chamou e mostrou o joelho sangrando muito. Não sabíamos o que era e ele até pensou que alguém havia entrado na casa e furado ele, mas meu irmão não tem problemas por aí e achamos também que ele até tinha se cortado aqui dentro de casa”, explicou.

De acordo com familiares da vítima, o tiro que atingiu Franklin partiu de cima pra baixo e há um buraco no telhado da casa do gerente. Segundo a irmã dele, vizinhos revelaram na manhã de ontem que ouviram vários disparos de arma de fogo durante a virada de domingo para segunda-feira. “Os moradores comentaram que atiraram para cima diversas vezes”, enfatizou.

Cirurgia

No HPS, Franklin passou por cirurgia para a retirada do projétil e, segundo a irmã de 17 anos, ele corre risco de perder alguns movimentos no joelho por conta do disparo ter acertado uma parte bastante sensível. “O médico disse que ele levou sorte, meu irmão até reclamou, dizendo que já não sai de casa por conta de violência e dormindo acabou baleado. Inacreditável isso”.

Difícil de explicar

No hospital, a Polícia Militar de plantão ainda achou que Franklin poderia ser suspeito de algum crime por conta do disparo que atingiu a perna dele. “Quem vai acreditar que ele pegou um tiro na cama e enquanto dormia?”, questionou a irmã de Franklin.

*Nome fictício

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.