Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020
POSICIONAMENTO

Gol contesta versão de passageiros e diz que voo decolou sem lotação máxima

Dezenas de passageiros do voo 1754 alegam que foram impossibilitados de embarcar no avião, na tarde de ontem, por falta de assentos disponíveis. Companhia Aérea argumenta que clientes não compareceram ao check-in e embarque no tempo previsto



share_big_IMG0005945371_3B56BF8A-2EBA-4351-8FD5-693D4CB26419.jpg Foto: Arquivo/AC
10/08/2020 às 08:46

A Gol Linhas aéreas contestou a versão de ao menos 30 passageiros que alegaram terem sido impossibilitados de embarcar no voo 1754 da empresa com destino a cidade de Guarulhos, São Paulo, na tarde de ontem (9). Conforme a versão da companhia aérea, o voo decolou às 16h, sem a lotação máxima de passageiros.

A reclamação dos passageiros teve como ponto central a suposta falta de assentos disponíveis no avião, apesar de muitos terem comprado a passagem de forma antecipada. Alguns informaram para A CRÍTICA que na hora de embarcar a empresa afirmou não ter mais assentos disponíveis para os passageiros que ficaram em fila aguardando a hora de entrar no avião.



A versão da empresa contesta, inclusive, a versão dos clientes, afirmando que os personagens identificados na reportagem não teriam comparecido ao check-in e ao embarque dentro do horário previsto.

“A Companhia informa ainda que o check-in para o voo esteve disponível até às 15 horas no Aeroporto de Manaus”, informou a companhia aérea por meio de nota.

O grupo de passageiros fizeram um grupo no WhatsApp para procurar ressarcimentos pelo ocorrido.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.