Publicidade
Manaus
POLÍTICA

Governador mais votado da história do AM, Wilson Lima é diplomado pelo TRE

Na cerimônia, também foi entregue o diploma aos senadores, deputados federais e estaduais eleitos nas eleições gerais desse ano 17/12/2018 às 17:54 - Atualizado em 17/12/2018 às 20:45
Show wilson 3a808a2e 9424 4e77 a7de c5c2dda36030
Wilson Lima durante cerimônia. Foto: Márcio Silva
Larissa Cavalcante Manaus (AM)

Wilson Lima (PSC) e Carlos Almeida (PRTB), eleitos governador e vice no pleito deste ano foram diplomados nesta segunda-feira (17) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-AM). O ato marca o fim do período eleitoral, confirma a vitória nas urnas e torna os políticos eleitos aptos a tomarem posse dos cargos. Wilson é o governador que obteve 1.033.538 de votos, ultrapassando o antigo recorde, da votação de Omar Aziz em 2010. 

Em discurso na solenidade, Wilson reiterou que é o guardião de uma chama da população que deseja mudança e renovação. “Com muita alegria eu recebo esse diploma. A missão de governar o Estado do Amazonas é o maior desafio da minha vida. Tenho trabalhado dia e noite para montar uma equipe que possa representar uma nova administração e mudar o Estado (...) Minha presença é a força popular do cidadão. E é nela que vamos governar com Transparência, responsabilidade e aplicação correta do recuso público do cidadão”, discursou.

O governador diplomado destacou a necessidade de parceria com o legislativo estadual e a bancada federal.  “Preciso muito dessa parceria. É hora de juntar forças. Preciso da sociedade civil organizada e  conto com a ajuda do cidadão”, poderio.

Na cerimônia, também foi entregue o diploma aos senadores, deputados federais e estaduais eleitos nas eleições gerais desse ano.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Segundo Código Eleitoral, artigo 215, parágrafo único, no diploma deve constar o nome do candidato, a indicação da legenda sob a qual  concorreu, o cargo para o qual foi eleito ou sua classificação como suplente e, facultativamente, outros dados a critério do juiz ou do tribunal.

Publicidade
Publicidade