Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
POLÍTICA

Governador nomea Délcio Santos como o novo desembargador do TJ-AM

Nomeação foi feita horas depois que Délcio alcançou a lista tríplice no tribunal, ao lado de Jorge Pinho e Sílvio da Costa



WhatsApp_Image_2018-06-13_at_13.21.00.jpeg (Jair Araújo)
13/06/2018 às 13:26

O governador Amazonino Mendes (PDT) nomeou o advogado Délcio Luís Santos como desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). A decisão está disponível na edição do diário oficial do Estado desta quarta-feira e foi tomada horas depois da votação do Tribunal que definiu a composição da lista tríplice. Está é a última das sete vagas criadas pela Lei Complementar 126/2013, que elevou de 19 para 26 o número desembargadores da Corte Estadual.

"Governador seguiu a ordem a votação", informa a Secom. Na manhã desta terça-feira, 22 desembargadores do TJ-AM escolheram os advogados Délcio dos Santos com  22 votos, Jorge Pinho e Silvio da Costa com 10 votos cada, para composição da lista tríplice de candidatos ao cargo de desembargador pelo Quinto Constitucional.

Lista tríplice

Os três foram escolhidos dentre uma lista que continha seis nomes escolhidos pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Amazonas (OAB-AM). Além deles, figuravam na lista Francisco Charles Garcia, Carlos Alberto Ramos Filho e Alberto Bezerra. A lista sêxtupla saiu de uma eleição entre os advogados do Amazonas, realizada no último dia 26 de maio.

Das sete vagas criadas pela Lei Complementar 126/2013, duas foram destinadas ao quinto constitucional, conforme prevê a Constituição Brasileira. Em março de 2017, a primeira delas, destinada ao Ministério Público do Estado, foi preenchida com a escolha do então procurador José Hamilton Saraiva dos Santos. Nesta escola, foi feita pelo ex-governador cassado José Melo (PROS) a indicação ocorreu na mesma semana.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.