Publicidade
Manaus
Transferência entre balsas

Grande quantidade de óleo vaza e polui Rio Negro durante transferência entre balsas

O vazamento ocorreu sábado no Porto Chibatão. Segundo a Marinha do Brasil, uma das balsas estava com um dos certificados obrigatórios vencido 03/10/2016 às 16:59 - Atualizado em 03/10/2016 às 17:00
Show 199007
Caso seja necessário, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas poderá punir os responsáveis (Arquivo)
Bianca Paiva (Agência Brasil) Manaus (AM)

Uma grande quantidade de óleo pesado vazou no Rio Negro, em Manaus, informou hoje (3) o Comando do 9° Distrito Naval da Marinha do Brasil. Nota divulgada pelo comando diz que o vazamento ocorreu no último sábado (1º) durante manobra de transferência de derivados de petróleo de uma balsa para outra, no Porto Chibatão, que é privado.

As informações foram repassadas à Marinha por inspetores navais da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, que estiveram no local. Uma válvula de transferência de uma das balsas travou, ocasionando o derramamento do óleo no rio. Segundo a Marinha, a empresa responsável pelas balsas foi notificada. Uma das balsas, inclusive, estava com um dos certificados obrigatórios vencido.

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informou, em nota, que uma equipe da instituição esteve no local no dia do incidente e vai voltar ao porto para verificar a extensão do dano e se o óleo foi contido pela empresa. Caso seja necessário, o Ipaam declarou que poderá punir os responsáveis.

Também em nota, o Grupo Chibatão informou que, ao tomar conhecimento do ocorrido, a equipe ambiental do porto foi acionada e tomou as providências cabíveis. Segundo a empresa, 100% do óleo já foi removido e, no momento, o objetivo é eliminar os resíduos.

Publicidade
Publicidade