Publicidade
Manaus
ISSO É NORMAL?

Gratuito, mas ineficiente: população sofre com espera por ônibus durante eleições

Quem precisou ir para as paradas enfrentou desrespeito e transtorno, mas SMTU afirma que não há qualquer problema 07/10/2018 às 12:06 - Atualizado em 07/10/2018 às 15:21
Show whatsapp image 2018 10 07 at 11.47.06 27e241fb bd3e 483c 8e99 d50aaf80c03f
(Foto: Euzivaldo Queiroz)
Cecília Siqueira e Silane Souza Manaus

A oferta de ônibus gratuito neste domingo, por conta das eleições gerais, foi cumprida, mas nem de longe supriu a necessidade dos passageiros. Com garagens lotadas e nem todos os ônibus à disposição da população, quem precisou ir para as paradas enfrentou desrespeito e transtorno.  Apesar do cenário constatado pela reportagem,  a Superintendência Municipal Transportes Urbanos nega que haja problemas.

À espera do ônibus da linha 679 por quase meia hora na avenida Margarita, Maria Antônia Bentes, 40, que mora na Cidade de Deus, afirma que a demora é uma situação constante nos finais de semana.

"É uma situação crítica. Hoje demora muito mais e quando passa, as portas dos ônibus nem fecham direito. Pagamos um valor alto durantes os outros dias e hoje, que mais precisamos, é essa agonia", desabafa ela.

Ônibus articulados superlotados foram flagrados transitando com portas abertas e passageiros nas escadas.

"O pessoal não quer esperar mais e vai assim mesmo. Eu vou fazer o mesmo quando passar o 560 novamente, pois não consegui entrar no outro. É bom porque é de graça e dá para ir visitar parentes em outros bairros", sugere o estudante universitário Júlio Marques Pereira Júnior, 24.

No Terminal 4, situado nas proximidades da Bola do Produtor, a movimentação de passageiros foi intensa.  As plataformas de embarque que atendem bairros das Zona Norte e Leste foram os mais frequentados, deixando quase vazios os pontos com destino à região central da cidade.

O vendedor autônomo José Lopes, 43, foi uma das poucas pessoas que não reclamaram da prestação de serviço do transporte público durante o pleito.

"Como eu moro poucos metros da escola onde voto, hoje vou utilizar o transporte para aproveitar a gratuidade mesmo. Estou planejando mais tarde ir à Ponta Negra", diz ele, que aguardava a linha 069.

Tudo tranquilo? 

Apesar das reclamações dos usuários do transporte coletivo de Manaus quanto a demora dos ônibus, a Superintendência Municipal Transportes Urbanos (SMTU) nega que haja algum problema e que não recebeu nenhuma denúncia da população.

De acordo com o superintendente da SMTU, Franclides Ribeiro, desde às 4h deste domingo (07), fiscais do órgãos estão nos terminais e locais de grande circulação monitorando a saída dos ônibus e nenhum incidente foi registrado.

"Até o momento não ouve reclamação no nosso SAC. O que acontece em alguns locais, como no Terminal 4, é que há a aglomeração porque estes são final de linha. Ou seja, o ônibus chega e o motorista e cobrador tem um intervalo para retornar. Geralmente esse intervalo é de 20 minutos. Estamos com equipes monitorando para que esses ônibus saiam o mais rápido possível. Pedimos compreensão das pessoas. A frota está funcionando em capacidade máxima, como se fosse uma segunda-feira", afirmou.

E qualquer situação, reforçou Ribeiro, as equipes estão opostas para verificar o fato é mitigar o risco. "Os usuários pode ajudar com essa fiscalização denunciando as irregularidades aos nossos fiscais e também dos órgãos que compõe o CICC", disse.

O superintendente da SMTU revelou que o órgão vai aumentar a capacidade operacional para atender a demanda da população que está indo a Ponta Negra. "Vamos deslocar mais ônibus agora a tarde para aquela região, pois sabemos que a demanda lá é grande neste dia. É uma coisa cultural", afirmou.

A denúncia pode ser feita pelo SAC da SMTU - 180 e, ainda, pelo WhatsApp da superintendência, o (92) 98802-3504

Publicidade
Publicidade