Publicidade
Manaus
Manaus

Gravações derrubam sub da Sejus e Governo do AM solicita perícia em áudios publicados por revista

Carliomar Barros Brandão foi exonerado do cargo pelo governador José Melo após áudio em que o subsecretário negociava um acordo o detento "Zé Roberto da Compensa" 20/10/2014 às 16:58
Show 1
Major Caliomar Brandão, ex-subsecretário da Sejus, aproveitou para se defender durante programa eleitoral de José Melo
acritica.com Manaus (AM)

O subsecretário estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), Carliomar Barros Brandão, major da Polícia Militar (PM), foi exonerado do cargo pelo governador José Melo (Pros) na noite deste domingo (19). Uma gravação publicada pela imprensa nacional mostra o militar supostamente negociando uma "parceria" com um dos chefes da facção criminosa Família do Norte (FDN) em troca de votos.

Nesta segunda-feira (20), o Governo do Amazonas pediu à Procuradoria-Geral do Estado (PGE) que tome todas as providências cabíveis para poder ter acesso à gravação na íntegra publicada pela Veja, a fim de periciar o arquivo pelos órgãos competentes, já que Melo acredita que o áudio sofreu alterações. 

De acordo com a Agência de Comunicação do Governo (Agecom), o governador ainda não tem um nome para o cargo até então ocupado pelo major. Nesta segunda-feira (20), os programas eleitorais de Melo e de Eduardo Braga (PMDB), ambos candidatos ao governo do Amazonas neste segundo turno das eleições, exploraram o caso.  


Em seu programa, exibido durante o horário político matinal desta segunda-feira, Melo apresentou uma entrevista com  o agora ex-subsecretário, em que ele fala que o áudio sofreu alterações e adiantou que pedirá uma perícia técnica no conteúdo publicado. Carliomar diz, ainda, que foi à reunião com os presidiários para conversar e evitar uma rebelião que poderia acontecer na unidade.

Já Braga aproveitou o tempo de televisão para atacar o adversário, analisando minuciosamente todo o conteúdo publicado pela revista Veja, um dos principais veículos da Editora Abril, exibindo textos, imagens e trechos da gravação.

A gravação, acompanhada de uma matéria, foi publicada no site da Veja no fim da tarde de domingo, em que Carliomar conversa com várias pessoas, entre elas José Roberto Fernandes Barbosa, mais conhecido como "Zé Roberto da Compensa", durante uma reunião dentro de um presídio de Manaus, supostamente o Complexo Penitenciário Anísio Jobim, onde Zé Roberto cumpre pena no regime fechado.

Publicidade
Publicidade