Publicidade
Manaus
VÍTIMAS

Ao todo, 17 pessoas são atendidas após incêndio no bairro Educandos

Grávida de 14 anos e sargento dos Bombeiros estão entre feridos. A situação mais grave é de uma mulher de 53 anos que está intubada após sofrer parada cardiorrespiratória 18/12/2018 às 10:07 - Atualizado em 18/12/2018 às 11:02
Show 0fc69eb7 1351 44c0 b6f4 7f5371ebcfa7 c70efdea c7ad 4771 86ed 999daa21066b
Foto: Jander Robson
acritica.com

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) confirmou que 17 vítimas do incêndio ocorrido na noite de ontem (17), no Educandos, foram atendidas nas unidades de saúde do Estado. Cerca de 600 casas foram destruídas. As equipes de plantão nos prontos-socorros e dos Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) ficaram de prontidão para prestar a às vítimas, conforme a Susam.

De acordo com a secretaria, os atendimentos foram, em maioria, de pessoas com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. Ambulâncias do serviço de remoção da capital foram destacadas para apoiar o SPA Zona Sul, localizado próximo à àrea onde aconteceu o incêndio e onde foi feito o atendimento inicial às vitimas. Depois de estabilizadas, elas foram removidas para serviços de referência da rede de Urgência e Emergência.

SPA Zona Sul

Mulher de 53 anos - sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. Paciente cardíaca, evoluiu para Edema Agudo de Pulmão e Parada Cardiorrespiratória. Foi atendida na emergência, estabilizada e transferida ao HPS 28 de Agosto. No HPS 28 de Agosto a paciente sofreu uma parada cardiorrespiratória, passou por manobras de ressuscitação com sucesso. Está intubada, estado geral grave.

Adolescente de 14 anos - grávida, deu entrada na unidade com queixa de inalação de fumaça. Foi transferida para o Instituto da Mulher Dona Lindu, onde passou por exames e, após avaliação médica que constatou estar tudo bem com  ela e o bebê, recebeu alta.

Outras 13 pessoas passaram pelo SPA da Zona Sul, com queixas de inalação de fumaça. Elas foram atendidas, medicadas e receberam alta

HPS 28 de Agosto

Homem de 38 anos - sargento do Corpo de Bombeiros, deu entrada na unidade com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. Quadro clínico estável.

Homem de 45 anos - ajudava a socorrer as vítimas quando foi atingido por um pedaço de um muro que desabou. Deu entrada na unidade com ferimento na cabeça, passou por exames de imagem, recebeu curativos e teve alta.

Publicidade
Publicidade