Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Greve do transporte especial atinge pelo menos 40 mil trabalhadores em Manaus

Funcionários que trabalham no transporte especial realizaram uma greve e pararam cerca de 50% da frota na manhã desta segunda (3)



1.jpg Funcionários que trabalham no transporte especial realizaram uma greve e pararam cerca de 50% da frota na manhã desta segunda (3)
03/06/2013 às 13:17

Na manhã desta segunda-feira (3), pelo menos 40 mil trabalhadores do Polo Industrial de Manaus foram afetados com a paralisação dos motoristas e funcionários do transporte especial em Manaus. A paralisação tumultuou o trânsito no início da manhã nas principais vias que ligam as zonas da cidade ao Distrito Industrial.

Os veículos ficaram parados nas rotatórias da Suframa, do Armando Mendes e também na Pista da Raquete, próximo à entrada do bairro Santa Inês. Cerca de 50% da frota parou durante a mobilização pacífica.



De acordo com Geraldo Firmino, tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Especial, Turismo, Fretamento e Carros de Valores, a categoria reivindica o aumento de 10% no piso salarial, além do aumento no valor do auxílio cesta básica de R$ 130 para R$ 160 e a criação de uma categoria diferenciada para os mecânicos, lanterneiros, pintores, eletricistas e borracheiros.

Ainda segundo Geraldo, a categoria negocia com o sindicato patronal há pelo menos três anos e prometem paralisar novamente se não houver negociação com o representante dos empresários. Por volta das 8h, a frota voltou a funcionar normalmente com 100% dos veículos.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.