Publicidade
Manaus
COMPLICAÇÃO

Greve faz empresas do Polo Industrial terem dificuldade em manter produção

Segundo vice-presidente da Fieam, empresas do polo de duas rodas relataram dificuldades para manter linhas com a paralisação dos caminhoneiros 24/05/2018 às 19:18
Show polo
Foto: Arquivo AC
Rafael Seixas Manaus (AM)

O impacto da greve dos caminhoneiros deve começar a ser sentido pelas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) a partir desta sexta-feira (25). Segundo o vice-presidente da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo, algumas empresas do polo de duas rodas relataram dificuldades para manter suas linhas de produção em atividade.

“[...] Têm empresas que a partir de amanhã começam a ter algum tipo de dificuldade. As que fabricam motores e motocicletas com certeza serão comprometidas”, disse Nelson Azevedo, acrescentando que até o transporte dos funcionários das fábricas estão comprometidos por conta da greve dos caminhoneiros.

“Dentro das fábricas se compra em função do plano de produção. Os nossos transportes especiais, que carregam os profissionais do Distrito, também devem ser comprometidos. Toda empresa tem uma bomba de combustível. A gente reconhece que a paralisação é um direito sagrado do trabalhador, mas temos que ter consciência e sermos cautelosos quando participamos de alguma coisa desta natureza”, alertou.

O vice-presidente da Fieam espera que as autoridades resolvam a questão o quanto antes e com a sensibilidade necessária. “Quanto mais rápido for resolvido, melhor será para o nosso País e estados. Principalmente para o Amazonas, porque precisamos muito (que a paralisação seja resolvida) para escoar nossos produtos”.

Manifestação

Uma manifestação de caminhoneiros na manhã desta quinta-feira (24) fechou a via de acesso à refinaria Isaac Sabbá, no Distrito Industrial, na Zona Sul. Eles protestam contra os recentes aumentos do diesel do País. Motoristas de aplicativos e taxistas também integraram o movimento relatando prejuízos após constantes reajustes da gasolina.

Publicidade
Publicidade